Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Primeira opinião do lugar

A entrada para visitar a Caverna Aroe Jari é de R$ 90,00, sendo R$ 60,00 destinados ao almoço. Só pode entrar no local acompanhado de guia turístico, cujo serviço é pago por fora, a combinar com o profissional. Uma dica é ir com o maior número de pessoas possível, pois assim fica mais barato na hora de combinar o valor com o guia. Eu fui com o guia Edson Guerreiro. Ele percorreu com a gente os 7 km que fazem parte do passeio. No meio do caminho, explicou que aquele lugar é uma érea privada, mas que o dono tem concessão para explorar com fins turísticos. Falou também sobre as espécias vegetais da região, que inclui frutas típicas do cerrado, como murici e mangaba, além de diversas plantas que servem para fins fitoterápicos. É uma verdadeira farmácia a céu aberto. Passamos pela ponde pedra, de onde se tem uma vista linda, e por uma cachoeira antes de chegar na Caverna Aroe Jari, A caverna é lindíssima. De acordo com o guia é o lugar onde os índios faziam rituais para libertar as almas dos mortos. Ela tem dois compartimentos. Um, logo na entrada, é claro. O outro, por ser em ambiente fechado, é muito escuro e é preciso entrar com lanterna. Tem uma pequena cachoeira lá dentro. Depois da caverna passamos por algumas grutas lindíssimas e por uma nascente de água potável. Chegamos, depois, ao lugar mais bonito de todo o passeio: a Gruta da Lagoa Azul. Trata-se de uma gruta com água muito cristalina, lindíssima, um espetáculo da natureza. Infelizmente não é permitido tomar banho ali. Depois fomos a outras grutas e conhecemos uma cachoeira, na qual é possível tomar banho. Na hora de ir embora não se percorre os 7 Km a pé novamente. Há um veículo que nos transporta até a entrada do parque. Lá está o restaurante, com uma comida maravilhosa, porém, acho caro pagar R$ 60,00 para almoçar. O passeio é fenomenal. A única coisa que eu acho que deveria melhorar é o aspecto do restaurante. Quando cheguei lá, por ser um lugar meio mal tratado e pelo fato do funcionário da recepção estar um tanto quanto sujo, achei que a comida seria um droga.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Passeio fantástico e inesquecível, para chegar à Caverna e a Lagoa fizemos uma trilha linda, a natureza dá um show, ponte de pedra, montanhas, passamos até por uma mini caverna de Nossa Senhora. A Lagoa é incrível, as algas dão um azul lindo a água, mas não podemos entrar, justamente para não matar as algas que dão a coloração. A caverna é enorme, parece que você está entrando na cena de um filme. Vale muito a pena!
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

As cavernas ficam uma propriedade privada e é necessário guia para realizar o passeio. A trilha é bacana e as cavernas são impressionantes, são muito grandes. A lagoa azul também é uma gruta com águas cristalinas, muito bonita. O passeio é realizado em uma fazenda e no final da trilha tem um almoço caipira bem gostoso. Vale a visita.
Primeira opinião do lugar

A entrada para visitar a Caverna Aroe Jari é de R$ 90,00, sendo R$ 60,00 destinados ao almoço. Só pode entrar no local acompanhado de guia turístico, cujo serviço é pago por fora, a combinar com o profissional. Uma dica é ir com o maior número de pessoas possível, pois assim fica mais barato na hora de combinar o valor com o guia. Eu fui com o guia Edson Guerreiro. Ele percorreu com a gente os 7 km que fazem parte do passeio. No meio do caminho, explicou que aquele lugar é uma érea privada, mas que o dono tem concessão para explorar com fins turísticos. Falou também sobre as espécias vegetais da região, que inclui frutas típicas do cerrado, como murici e mangaba, além de diversas plantas que servem para fins fitoterápicos. É uma verdadeira farmácia a céu aberto. Passamos pela ponde pedra, de onde se tem uma vista linda, e por uma cachoeira antes de chegar na Caverna Aroe Jari, A caverna é lindíssima. De acordo com o guia é o lugar onde os índios faziam rituais para libertar as almas dos mortos. Ela tem dois compartimentos. Um, logo na entrada, é claro. O outro, por ser em ambiente fechado, é muito escuro e é preciso entrar com lanterna. Tem uma pequena cachoeira lá dentro. Depois da caverna passamos por algumas grutas lindíssimas e por uma nascente de água potável. Chegamos, depois, ao lugar mais bonito de todo o passeio: a Gruta da Lagoa Azul. Trata-se de uma gruta com água muito cristalina, lindíssima, um espetáculo da natureza. Infelizmente não é permitido tomar banho ali. Depois fomos a outras grutas e conhecemos uma cachoeira, na qual é possível tomar banho. Na hora de ir embora não se percorre os 7 Km a pé novamente. Há um veículo que nos transporta até a entrada do parque. Lá está o restaurante, com uma comida maravilhosa, porém, acho caro pagar R$ 60,00 para almoçar. O passeio é fenomenal. A única coisa que eu acho que deveria melhorar é o aspecto do restaurante. Quando cheguei lá, por ser um lugar meio mal tratado e pelo fato do funcionário da recepção estar um tanto quanto sujo, achei que a comida seria um droga.
Foto opinião do Elaine Dal Gobbo sobre Caverna Aroe Jari
Exibindo 3 opiniões | Total de 3 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Caverna Aroe Jari? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: