Pedir orçamento

* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, preencha seu telefone
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento
Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
.
Fui como convidado de uma amiga na festa de fim de ano da empresa dela, semana passada.
.
É um casarão antigo, daqueles típicos do Catete. 3 andares, contando o térreo. Festa regada; cerveja, caipirinha e outras possibilidades (morango e maracujá). salgados excelentes e saindo sem miséria. Água e refrigerantes também. Dejota residente muito bom, embora eu tenha sentido falta de algo mais brasileiro (porém saí hora e meia antes do fim...deve ter rolado). Seguranças atentos, ar condicionado trincando. Maravilha.
.
A festa foi em um espaço fechado. O normal, pelo que ouvi, em espaço aberto custa 30 para entrar, mais 30 de consumação. Pelo público, algo mais pra terceira idade. Dança de salão ou algo assim. Consumação mínima, não gosto.
.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
.
Fui como convidado de uma amiga na festa de fim de ano da empresa dela, semana passada.
.
É um casarão antigo, daqueles típicos do Catete. 3 andares, contando o térreo. Festa regada; cerveja, caipirinha e outras possibilidades (morango e maracujá). salgados excelentes e saindo sem miséria. Água e refrigerantes também. Dejota residente muito bom, embora eu tenha sentido falta de algo mais brasileiro (porém saí hora e meia antes do fim...deve ter rolado). Seguranças atentos, ar condicionado trincando. Maravilha.
.
A festa foi em um espaço fechado. O normal, pelo que ouvi, em espaço aberto custa 30 para entrar, mais 30 de consumação. Pelo público, algo mais pra terceira idade. Dança de salão ou algo assim. Consumação mínima, não gosto.
.

via Android

Fazia tempo que estava tentando ir a algum evento no Casarão Ameno Reseda mas a agenda não estava conciliando.
Sábado fui a um evento fechado: a festa de aniversário de um amigo. Acesso só para os convidados.
O espaço é ótimo, bom gosto, iluminação adequada, bom equipamento de som.
O buffet, a banda e o DJ foram contratados separadamente, mas a casa oferece opções.
Para quem quer fazer uma grande festa, esse é o espaço.
Fácil acesso, próximo ao Metrô.
Boa dica para eventos de aniversários, festas de empresas, ou de final de ano.
Foto opinião do Tania sobre Casarão Ameno Resedá

Adorei o ambiente, a comida e o grupo de samba que se apresentava no dia. A casa é um ótimo programa de domingo para toda a família. O prato do dia foi feijoada e estava impecável. Como se não bastasse a sobremesa, doce de leite, estava dos deuses...

Todo primeiro domingo do mês é dia de feijoada no Casarão Ameno Resedá. O espaço restaurado por Carlos Lessa, economista apaixonado pelo Rio de Janeiro, reúne três conceitos básicos: alegria, música e gastronomia. O nome do Casarão homenageia o mais importante rancho carnavalesco do início do século passado. Leia no fim deste post a sua história.

A feijoada do Ameno é assinada pelo chef francês Frédéric Monnier e destrói a nossa convicção de que o prato é um segredo nacional...

A patente pode até ser brasileira, carioca especialmente, mas nas mãos do francês a feijoada ganhou um preparo cuidadoso nas carnes, no feijão, na farofinha no alho e na pimenta. Onde será que este sujeito aprendou ?

Os caldeirões são mantidos constantemente aquecidos como pode se notar pelas fotos. E olha que chegamos perto das 16h00 para almoçarmos ! O torresmo não estava um espetáculo de crocante, e espero que não tenha sido feito por um assistente brasileiro do chef. Ufa, assim a teoria nacionalista da feijoada fica mantida ! rsrsrs

O chef também assina o cardápio exclusivo do restaurante no segundo piso, trazendo pratos consagrados da Brasserie Rosário, a casa-mãe deste filhote do Catete.

Com espaço para shows para até 250 lugares o Casarão tem programação fixa de quinta a sábado. A agenda contempla a diversidade de sons e estilos do jazz à gafieira e do rock à MPB. A animação das feijoadas tem sido por conta do cantor Mackley Matos e convidados.

A grande surpresa para mim veio gentilmente até nossa mesa: Deise Novakoski especialista entre outros, em destilados, a cada evento traz um bate papo sobre as cachaças cariocas, enriquecendo sua experiência gastronômica. Fã confesso da colunista, nossa conversa foi digna de botequim. A cachaça deste domingo foi a São Miguel de Quissamã, e a minha prova preferida foi da armazenada em barris de carvalho com retro gosto de coco.

Uma tarde realmente muito agradável em ambiente privilegiado, muito bem frequentado, e com uma iguaria que o francês não se arrisca: o doce de leite em ponto de ambrosia que nos fez retornar algumas vezes ao buffet.

Serviço:
Casarão Ameno Resedá
Rua Pedro Américo, 277 (esquina com Bento Lisboa) - Catete
Tel (21) 2556-2427
http://casaraoamenoreseda.com.br/eventos/

Ambientes refrigerados, estacionamento rotativo com manobrista no local, fácil acesso a cadeirantes, elevador, varanda ao ar livre e wi-fi.

R$ 60, a feijoada com show e degustação de cachaça incluídos
Crianças até 12 anos não pagam.

Um pouco de História...

O Ameno Resedá foi o mais famoso de todos os ranchos carnavalescos da cidade do Rio de Janeiro. O desfile de um rancho era como um cortejo de um rei e uma rainha, ao som de uma marcha que vinha com muitos instrumentos e ritmo parecido com o samba, mas um pouco mais pausado.

Fundado em 1907 por um grupo de funcionários públicos cariocas, após um piquenique em Paquetá, tinha sua sede no bairro do Catete - que tem nome de origem indígena (que pode significar "folha grande ou mato grosso" ou "uma espécie de milho") - e já abrigou a sede do Governo Federal do Brasil, além de ter sido bairro de residência de Machado de Assis, Carmen Miranda e José de Alencar.

A inspiração do nome veio do som 'ameno' do rancho, e de uma flor (Resedá) abundante na Ilha de Paquetá, onde aconteceu o piquenique que foi o primeiro encontro entre os fundadores do rancho.

Em 1914, O Ameno Resedá desfilou ao lado das sociedades carnavalescas. Em 1917, introduz a Comissão de Rancho, precursora das comissões de frente das escolas de samba. Naquele ano era composta por quatro sátiros transformados em "Príncipes Caçadores" com um séquito de Júpiter, Minerva, Atlas e doze pastores.

Em 30 de janeiro de 1941, o Ameno Resedá realiza sua última assembleia, onde é decidida a sua extinção. Parte de seus bens são doados à Irmandade de Nossa Senhora da Glória.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ameno_Resedá

Fui conhecer recentemente o Casarão Ameno Resedá para assistir o show de uma banda chamada Banda do Síndico, em homenagem ao Tim Maia. Muito boa a banda inclusive, com gente que trabalhou com o Tim Maia quando ele era vivo. Paguei uma meia-entrada de R$20 levando um quilo de alimento não-perecível, o que acho uma ótima iniciativa! Já que as casas de show em geral ficam com aquela batida desculpa de "tenho que cobrar caro porque todo mundo paga meia entrada", que democratizem a meia-entrada de vez com um bom intuito!

A casa é muito bonita. Conta com serviço de vallet, pra deixar o carro sem se preocupar. No segundo andar fica o restaurante Sobrenatural - sobrenatural, inclusive nos preços! Eu que não curto muito frutos do mar (que é a proposta do restaurante) nem me senti muito seduzido a conhecer...

No terceiro andar fica o salão. É bem amplo, com bastante mesa, o que foi também um problema. Pelo que percebi, havia apenas dois ou três garçons atendendo. Resultado: a porção de croquete que pedi demorou uma meia hora pra chegar. E só chegou porque perguntei ao garçom, que deixou parecer que o pedido nem tinha sido feito... Também experimentei uma das diferentes caipirinhas da casa, com lima da pérsia e pimenta rosa. Não gostei muito não, prefiro a caipirinha tradicional, de limão! Os croquetes estavam muito bons!

No meio do show, percebi uma coisa interessante, a preocupação com a acústica da casa. Existe um espaço aberto - acho que deve servir de fumódromo - mas para chegar neste espaço, é preciso passar por uma saleta que impede o vazamento do som.

No geral, gostei bastante do Casarão. Parece bem projetado, bem decorado, um espaço bastante agradável.
Foto opinião do Gabriel Cunha Nunes sobre Casarão Ameno Resedá

Conheci o Casarão quando fui assistir ao show da Banda Síndico que estava homenageando, logicamente, Tim Maia. A entrada custou R$40,00, meia levando 1kg de alimento não perecível.
O Ameno Residá foi inaugurada em 2012 e conta com uma infra estrutura bem bacana! Tem estacionamento com manobrista, ar condicionado, elevador para cadeirantes e wi-fi. O casarão recebeu esse nome por causa de um famoso rancho carnavalesco.
No segundo andar fica localizado o restaurante Sobrenatural, especializado em frutos do mar e muito conhecido em Santa Tereza. Passei pela porta do restaurante e achei muito bonito, mas os preços bem salgados. Só o couvert custa R$70,00!!!
No terceiro andar funciona o ambiente para shows que serve os petiscos e drinks do Sobrenatural. Adorei o espaço que não é muito pequeno, mas consegue ser intimista e conta com uma acústica excelente! Antes do show começar é possível ficar sentado bebendo e beliscando alguma coisa.
Para beber pedimos caipirinhas. A minha de tangerina com gengibre que eu gostei muuuuuito e a do meu namorado de lima da pérsia com pimenta rosa. Adorei a criatividade do chef!
Para comer pedi uma porção de croquetes de carne. Vieram 5 bem grandes e estavam bem gostosos. Só não gostei da demora no atendimento. Fiquei mais de 20 minutos esperando os croquetes!!!
O show foi muito bom e animado. Adorei a banda! Os frequentadores da casa são em sua maioria pessoas mais maduras (por volta dos 50!) e depois do show entrou o Dj que eu gostei bastante, mas ficou o maior clima de fim de festa, então fui embora.
Vale a pena visitar o site e dar uma olhada na agenda. Os shows são bem interessantes e diferentes!

via iPhone

Gostei muito do ambiente, o casarao e muito bonito, dei uma espiada no restaurante que me pareceu muito aconchegante. Fiquei no ultimo andar onde acontecem os shows. Neste dia tinha Elza Soares e Luiz Melodia, adorei o show e o lugar! Pretendo voltar para outros shows e para conhecer o restaurante!
Primeira opinião do lugar

Casarão de 1907 concebido para ser o melhor espaço acústico para shows da cidade. Totalmente remodelado, possui elevador para os pisos superiores, sendo no primeiro piso uma filial do Sobrenatural, restaurante famoso em Santa Teresa pelo cardápio de frutos do mar. No segundo piso um salão em piso de madeira para cerca de 400 pessoas em pé. Ar condicionado inabalável. Serviço de salão atencioso e cozinha do mesmo restaurante com petiscos impecáveis como bolinhos de bacalhau, pastéis de siri e camarão, croquetes de carne do tipo alemão e iscas de peixe empanadas por quem sabe fazer. Programação musical do expert oriundo da finada Modern Sound. Ou seja, tem tudo para ser um grande sucesso. Na abertura, pocket shows do Nó em Pingo D'Água com Marcos Sacramento e Elza Soares.
Exibindo 12 opiniões | Total de 12 opiniões
1 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Casarão Ameno Resedá? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: