Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Achei delicioso o lugar, apesar de ter ido em dia nada ensolarado.
É possível encontrar de tudo nesta feirinha ao ar livre, artesanatos lindos, incensos, comidas, antiguidades e por aí em diante.
Por ser el local aberto, dá pra vc ir com a família inteira e levar seu bichinho de estimação para dar uma volta bem bacana.
Ocorre sempre aos sábados e domingos pelo que pude entender e o espaço é enorme.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

As vezes eu acho que nos domingos, toda a população de Porto Alegre se direciona para lá, pois é um local que encontro pessoas conhecidas toda hora, inclusive pessoas que há anos não via. Sempre com coisas interessantes para ver e comprar, desde antiguidades a artesanatos. O chimarrão corre solto, programaço para domingo de manhã.

via mobile

Ah, o Brique! O mínimo que posso dizer: sem o Brique a Redenção perderia o brilho! Gosto de passear bem devagar ao longo de todas bancas, sem pressa, sem ânsia de consumir. Gosto de elogiar o trabalho e conversar com os artesãos, ouço histórias de vida, valoriza mais a arte deles. Também faço questão de levar amigos prá conhecer, e sempre tem alguma coisa que compram. Muito bom também é a "arte de rua " , artistas improvisam mágicas, músicas, histórias. O Brique é arte e cultura do início ao fim. E ainda tem as guloseimas, é difícil não comer nada! Valorizo demais os artesãos, não me canso de ir. E todos que levo lá elogiam a arte, a cultura, a organização. Nota 10!

O já tradicional Brique da Redenção, que iniciou como um local simples para a exposição e comércio de antiguidades, se transformou numa grande feira a céu aberto, e programa de centenas de moradores e visitantes de Porto Alegre. Hoje conta com uma gama muito grande de tendas, que vão desde as tradicionais antiguidades ao artesanato, bancas de alimentação, produtores de mel, feirantes, além da apresentação de diversos artistas de rua.
Foto opinião do Paulo Cesar dos Santos sobre Brique Da Redenção

Achei delicioso o lugar, apesar de ter ido em dia nada ensolarado.
É possível encontrar de tudo nesta feirinha ao ar livre, artesanatos lindos, incensos, comidas, antiguidades e por aí em diante.
Por ser el local aberto, dá pra vc ir com a família inteira e levar seu bichinho de estimação para dar uma volta bem bacana.
Ocorre sempre aos sábados e domingos pelo que pude entender e o espaço é enorme.
Foto opinião do Giovanna Berghann sobre Brique Da Redenção

Ir ao Brique da Redenção, no Parque Farroupilha, é um dos programas tradicionais dos porto-alegrenses aos sábados e domingos. O brique, cujas barracas se estendem pela Av. José Bonifácio, tem clara inspiração na Feira de San Telmo, em Buenos Aires, só que com mais espaço para circulação das pessoas.
Lá você encontra artesanato, antiguidades, porcelanas, hortifrutigranjeiros, livros e discos, além de artistas de toda sorte e indígenas cantando suas músicas. É um espaço descontraído e bastante democrático, com gente de todas as idades e classes sociais perambulando com cachorro de estimação e a cuia de chimarrão.
Depois de percorrer o Parque Farroupilha, dê uma chegada ao brique. Se você garimpar, consegue até comprar alguma coisinha de lembrança da visita a Porto Alegre.

O Brique da Redenção, na minha opinião, é um dos melhores passeios em Porto Alegre.
Pegar o chimarrão, o cachorro e partir pra Redenção curtir o domingo de sol.
Passear na Redenção é o programa favorito de 10 em 10 porto-alegrenses e também turistas que estão passando por Poa.
O parque é gigantesco e super verde. É no domingo que ele lota, e recebe o brique da Redenção. Uma feirinha que vende um pouco de tudo. Desde artesanato de biscuit, até livros usados, passando por artefatos de guerra.
Nunca comprei nada lá pois nada disso me interessa muito. Mas há quem quase enlouqueça lá, querendo comprar tudo (desculpa mãe, mas tive que falar).
Resumindo, é um passeio agradável, ainda mais se for um dia de sol.
Dar uma olhada nas barraquinhas, tomar um chimarrão, olhar o movimento enquanto largarteia no sol.
Bom demais!

Atualmente um dos lugares com mais "Cara de Porto Alegre". A forma como a pluralidade cultural típica de nossa Capital vem se mostrando, com manifestações teatrais de rua, música de rua, e arte de rua em geral, assim como artesanato local, são pontos fortes que certamente valorizam um passeio turístico em PoA. Leve visitantes, e aproveite bem seu Domingo!

Não tem como morar em Porto e não frequentar o brique!
Impossível conhecer Porto Alegre e não conhecer o Brique da Redenção.
É um local cheio mas ninguém se importa com isso.
Ocorre todos os domingos até as 17hs ma Avenida José Bonifácio.
Frequento desde qdo me conheço por gente!
Bom ir cedo, aproveitar a tranquilidade pra ver as banquinhas, tomar um chimas, almoçar na "Lanchera" e depois curtir o restante da tarde na Redença em dias de sol.
Acho um dos melhores pontos turísticos de Porto Alegre.
Gosto muito!
Pode levar seu cachorro sem problemas.
Dá pra aproveitar uma missa na Igreja Santa Terezinha, pois no domingo ocorrem praticamente de hora em hora.
Tem uma parte reservada para os artigos de antiquário, com coisas bem interessantes: prataria, louças, LP's, quadros, talheres, bijoux, brinquedos.
Todo o comércio do entorno se movimenta em dia de Brique, pois o público é certo!
Eu amo o Brique e recomendo a todos.
Passear pelo brique...num alto astral...programa pra lá de porto alegrense o Brique da Redenção é aquele passeio pra encher os olhos pegar um solzinho e tomar aquele mate.
Muito artesanata e algumas coisinhas de comer, algumas obras de escultura e pintura. Diversão garantida pra curtir com a família no find.
Exibindo 14 opiniões | Total de 21 opiniões
Você conhece o Brique Da Redenção? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Conteúdo relacionado O que fazer em Porto Alegre?
Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: