Blue Space

Balada com público diversificado e boa drag music
nota 4.0 de 5 em 21 opiniões
| 4º melhor em Baladas LGBT de São Paulo   4º melhor em Baladas LGBT de São Paulo
Oferta

Quer receber ofertas do(a) Blue Space?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores.

Baixe grátis nosso aplicativo e confira as ofertas:

Escolha seu celular:      
Conheça também Patrocinado
Promova seu negócio no Kekanto e deixe-o em destaque entre milhares de estabelecimentos.
saiba como
Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo! Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo!
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

O publico é bem diversificado, mas a maioria é homem. O lugar está sempre lotado, e é uma balada pra se divertir horrores. Tens os shows que são maravilhosos, só risadas, da S. Montilla é sempre muito divertido.
Bebidas maras, gente descontraída, bonita e divertida.
Vale a pena conhecer uma das melhores baladas GLS de São Paulo.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Pra quem gosta de sair para dançar+ver um show+divertir, com certeza precisa conhecer a Blue Space!
A balada já consagrada de SP, na Blue Space encontrei uma estrutura bem grande e um atendimento bem bacana. Acho o sistema de fichas no bar muito arcaico, e acaba gerando muitas filas e tumulto, mas nada muito problemático. Tem duas pistas, onde a do piso superior acontece os shows.
O bar não é as mil maravilhas mas atende bem o básico. Algumas festas especiais tem drinks exclusivos que se você curtir vale experimentar. Os preços do bar são tranquilos, e a entrada é variável dependendo da atração que se apresentará na noite.
O público é bemmmmm diversificado, no qual encontrará de tudo um pouco! Mas achei bem tranquilo.
Eu particularmente adoro o lugar e recomendo pra quem quer se jogar na pista e se divertir muito.

via Android

A casa tem uma estrutura muito boa, a iluminação e o som são muito bons, mas os djs residentes não estão no nível do lugar, as vezes erram a passagem da música, colocam músicas lentas que não condizem com as luzes, enfim...bagunça. O show de drags é o melhor de SP e recebe sempre ótimas convidadas. Apesar da disposição dos bares, tudo ainda continuo confuso e ainda se usa comanda de papel, o que é ridículo. Na hora de pagar, os caixas presumem que se vc gastou muito, não sabe fazer contas e sempre tentam cobrar um pouco a mais do que vc realmente gastou, isso me aconteceu TODAS AS VEZES em que fui lá. Os meninos do bar são muito educados, apesar de estarem sempre ocupados.

via iPhone

Não recomendo!

Foi-se o tempo da blue space!
É uma balada gay, o espaço físico é grandinho até, não é ruim.
O problema é que ultimamente só anda tendo gente feia lá, misericórdia.
Está precisando dar uma repaginada no lugar.
Enfim, resumindo: A música é boa... as mesmas de todas as baladas gays da cidade, o lugar é mais ou menos, mas o povo.. Horrível! Eu disse, horrível mesmo!

Tem uns show de drags de vez em quando, consulte a programação no site. Costuma bombar.

Tem estacionamento na frente.
O preço da entrada não é caro, não lembro ao certo, gira em torno de 13 a 25 reais.
Bebidas com o preço normal de balada.

N geral, não recomendo.
Repito: só tem gente feia lá! Vá para the week.

via iPhone

A Blue Space é uma das casas noturnas mais completas de São Paulo. Localizada entre o Terminal Barra Funda e a estação Marechal Deodoro do metrô, logo chama a atenção pela fachada toda pintada de azul.

A casa conta com duas pistas de dança, quatro bares, um Dark Room e camarote. A música que predomina é eletrônica com ênfase no House, tocada pelo Dj residente há anos e djs convidados.

Há portas de saída de emergência e seguranças circulando pelo local para inibir confusões.

Embora o público gay masculino predomine, você vê mulheres lésbicas e heterossexuais, e drag queens de todas as idades circulando pelo ambiente. Também é comum ver rapazes malhados sem camisa nas pistas.

Durante a noite, há intervenção artística, apresentação de dança e performance ricas em detalhes, que vão desde a complexibilidade da cena até o figurino dos envolvidos, num palco de chamar a atenção pela versatilidade. É gente que sai de baixo, de cima, de trás e dos lados durante os shows. Além dos gogo-Boys que a casa contrata, pelo palco já passou cantoras conhecidas como Wanessa, Lorena Simpson e Kelly Key.

Nunca fui à matinê, mas ouvi dizer que o show é bem divertido e animado. Do bar gosto da caipirinha de vodka com limão, que costuma ser bem preparada.
Sempre fui bem atendido.

Um dos lugares mais divertidos da Terra. Adoro os shows, a dragmusic, o publico e principalmente o atendimento.
É um espaço que oferece algumas peculiaridades como o dark room, que eu particularmente não curto a ideia, mas há que goste.
Acho o preço legal. Mas cuidado. Tem sempre alguém paquerando ... sua carteira!

Bem, o que dizer de uma das minhas baladas preferidas? Frequentei durante tantos anos, acho que dos meus 16 até os 27 anos... não fui mais porque casei e sei que meu marido não é muito chegado ao tipo de música que toca lá, e também nem é adequado pelos shows dos gogo boys que rolam por lá... rs... acho que ele ficaria muito constrangido... melhor evitar.

Eu ia todos os sábados e domingos, e teve uma época que meus cheques para pagamento nem eram mais consultados, porque se desse problema certamente eu estaria lá no próximo fim de semana...

A casa tinha duas pistas: a principal e outra um pouco menor, mas que era quente à beça... tinha também o famoso darkroom, o qual o Victor, proprietário da casa, sempre alertava aos "frequentadores" na abertura do som: "galera do dark, cuidado com a 'elza'..." Mezzanino com mesas, mas que vivia lotado e também era muito quente... tomara que o sistema de ar esteja mais moderno.

Amava o som que rolava, principalmente o set que o DJ Robson Mouse tocava... a gente se divertia com os tipos que apareciam na pista e no bar ... apesar de sempre ser tratada por uns e outros com aquele olhar de "ai que 'amapô' do inferno, some daqui racha", eu nunca liguei muito, afinal de contas sempre estava acompanhada de amigos e no fim das contas a gente morria de rir com as 'poc', as 'pão com ovo', as 'rica', os 'ken', as 'trava', as 'caminhoneiras'... enfim... morro de vontade de ir lá ouvir um bom drag hit e bater cabelo!

Shows de drags super conhecidas rolam por lá, e são shows de humor e dublagem: vale muito a pena! Super produção do tipo hollywoodiana... desde 2005 não fui mais lá, mas meus amigos do "fervo" dizem que houve uma evolução enorme no sentido de equipamentos e infraestrutura para os shows, coisa de primeiro mundo!

Estou morrendo de vontade de voltar lá, dançar muito e assistir um belo show de drags!

O que dizer desse lugar que vou alguns anos da minha vida? Pra quem conhece, hoje a Blue não é somente uma casa GLSBT mas uma famílía.
Atendimento impecável, a cada ano o dono da casa o Vitor, pensa em uma melhoria para tos que frequentam.
Dj's renomados da cena como Breno Barreto e Robson Mouse comandam as pistas com o melhor e atual de Tribal House, Pop e Eletro de qualidade. Os Go go boys são um espetáculo a parte....rs
Mas, o que sempre foi e será o destaque são os show de drags!! Considerado um dos melhores do Brasil. Qual mulher que foi na Blue Space nunca quis colocar um vestido de brilho e se jogar nos bailarinos achando que é uma delas, atire a primeira pedra!! Figurinos bem elaborados, cenários impecáveis e coreografias de tirar o fôlegos são partes da festa. São pequenos detalhes que tornam um super show de profissionalismo que conta também com a participação de estrelas como Silvetty Montila e Thália Bombinha dando aquele toque de comédia, que todo mundo deveria assistir pelo menos uma vez.
Ahhh é sempre bom ficar ligado pois a Blue sempre leva ao palco cantoras de peso na cena como Nicky Valentine, Amanda, Lorena Simpson e agora em agosto Wanessa pisa no palco do "espaço azul".
Vale a pena ir!

Pra que gosta de uma boa dragmusic a bluespace é com certeza, e sem duvida alguma a melhor balada pra isso de São Paulo!A casa é voltada para o público gay, mas também abriga os heteros e justamente por tem um ótimo som é que a casa vive lotada!
A casa tem todo tipo de pessoa, mas o mais importante é que na blu a festa está sempre garantida!
Como falar da bluespace e não falar do DARK ROOM, que o próprio nome já diz tudo. É um quarto escuro (é modéstia, o quarto é um breu, ninguém vê nada) que tem no canto da balada, e lá rola a maior pegação! Sinceramente eu não curto, mas tem que goste!
Se algum dia você passar por lá desprevenida, como eu, já sabe....
O que importa é que a Blue Space, é uma das maiores casas da cena paulistana e tem um público super fiel, que vão a busca dos famosos shows de drag, carro chefe da casa. A casa também é empreendedora e até abriu um filial em Brasilia.
Pra quem gosta do bate-cabelo vale a pena dar um pulinho por lá, os shows das drags são os melhores, não tem como não rir com elas, que são profissionais e maravilhosas no que fazem.
Exibindo 14 opiniões | Total de 21 opiniões
3 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Blue Space? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: