Bistrô do Divino

nota 3.4 de 5 em 12 opiniões
| Rank: 458º de 2134 | Restaurantes

Situado no Belvedere, o espaço tem sido renovado em sua gastronomia, drinks e decoração.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

O frio chegou e bateu aquela vontade de comer um fondue, então começamos a pesquisar uma opção diferente dos “tradicionais” Paladino e Topo do Mundo.
Após alguma pesquisa, resolvemos conhecer o Bistrô do Divino que apesar de acumular críticas irregulares chamou a atenção pelo ambiente e pela proposta que chamou a atenção.
Ao chegar ficamos surpresos com o salão que apesar de pequeno tinha muitas mesas pequenas que acomodavam os clientes de maneira pouco confortável. Para um casal não haveria problema em jantar “à francesa”, porém em algumas destas mesas também haviam dois casais (como no nosso caso) e era muito difícil realizar qualquer movimento sem dar “cotoveladas” na pessoa ao lado. Apesar do nosso objetivo ser fondue o cardápio chamou nossa atenção, porém todos desistiram de jantar devido ao desconforto. Resolvemos então pedir uma pequena entrada denominada “tábua de frios” que deveria ter presunto parma, queijos e outros. Fiquei muito surpreso quando o garçom serviu uma bandeja semelhante aquelas de isopor do Super Nosso/VerdeMar como se tivesse apenas tirado do plástico e colocado na mesa. A situação virou piada pois além da apresentação o presunto parma ainda foi substituído por salaminho!
Como a mesa estava complicada, havia apenas um garçom atendendendo todas as mesas e a comida foi desanimadora, resolvemos então pedir a conta e ir a outro restaurante para jantar. Só que a última surpresa ainda estava por vir: uma “tábua de frios” e duas garrafas de vinho = o mesmo que um jantar completo no Villa Roberti.
Resumindo, a única coisa boa foi a música ao vivo do Marcelo Rios, um ótimo cantor e compositor que se apresentava naquela noite.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

O frio chegou e bateu aquela vontade de comer um fondue, então começamos a pesquisar uma opção diferente dos “tradicionais” Paladino e Topo do Mundo.
Após alguma pesquisa, resolvemos conhecer o Bistrô do Divino que apesar de acumular críticas irregulares chamou a atenção pelo ambiente e pela proposta que chamou a atenção.
Ao chegar ficamos surpresos com o salão que apesar de pequeno tinha muitas mesas pequenas que acomodavam os clientes de maneira pouco confortável. Para um casal não haveria problema em jantar “à francesa”, porém em algumas destas mesas também haviam dois casais (como no nosso caso) e era muito difícil realizar qualquer movimento sem dar “cotoveladas” na pessoa ao lado. Apesar do nosso objetivo ser fondue o cardápio chamou nossa atenção, porém todos desistiram de jantar devido ao desconforto. Resolvemos então pedir uma pequena entrada denominada “tábua de frios” que deveria ter presunto parma, queijos e outros. Fiquei muito surpreso quando o garçom serviu uma bandeja semelhante aquelas de isopor do Super Nosso/VerdeMar como se tivesse apenas tirado do plástico e colocado na mesa. A situação virou piada pois além da apresentação o presunto parma ainda foi substituído por salaminho!
Como a mesa estava complicada, havia apenas um garçom atendendendo todas as mesas e a comida foi desanimadora, resolvemos então pedir a conta e ir a outro restaurante para jantar. Só que a última surpresa ainda estava por vir: uma “tábua de frios” e duas garrafas de vinho = o mesmo que um jantar completo no Villa Roberti.
Resumindo, a única coisa boa foi a música ao vivo do Marcelo Rios, um ótimo cantor e compositor que se apresentava naquela noite.
Foto opinião do Fred Baião sobre Bistrô do Divino
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

O local é pequeno, mas aconchegante. Fica bem próximo ao BH Shopping. O atendimento deixa um pouco a desejar. No dia em que fui, havia dois garçons que ficaram um bom tempo conversando na porta do restaurante sem prestar atenção nos clientes. Havia música ao vivo, mas achei o volume bem alto para um local tão pequeno, o que tornava desagradável a permanência no local. A comida é gostosa e bem feita. Comi um risoto com peixe muito bom. A sobremesa também surpreendeu. Vale conhecer, mas seria melhor se estes erros fossem consertados.

Ambiente gostoso.
Boa localização. Fácil de estacionar.
Tudo bem pequeno... estava um pouco calor no dia que fui, mesmo com o ar ligado.
O atendimento foi legal.
A comida estava ótima. Foi entrada e prato principal. Uma salada muito boa de entrada (salada silvestre). Prato principal ancho com risoto de damasco com hortelã... estava divino.
Pedi meia garrafa de vinho.... os vinhos são muito caros.
Não tem muita opção de cerveja.
Bem romântico o clima...

Ao tentar fazer uma reserva, houve problemas com informações fornecidas pelo estabelecimento. Quando fiz críticas sobre essas falhas, a funcionária não agiu com profissionalismo, buscando registrar as críticas. Numa atitude infantil, tomou as críticas como ofensa pessoal, me chamou de grosso e, logo após desligou o telefone na minha cara. Uma atitude tão desprezível já na reserva, me leva a crer que este estabelecimento possui serviço de baixa qualidade e, logo, jamais cogitarei novamente ir ao um local onde um funcionário se descontrola com o cliente.

O ambiente é muito agradável e caloroso. Estava tendo um show do Eugênio Brito, cantando músicas internacionais do anos 70, MPB e Pop. Excelente cantor.

De entrada, pedi Bruschetta - Pomodoro / Shitake com alho poró (R$28). Não era muito bem o que eu queria, pois não gosto de Shitake, porém foi muito bem recomendado pelo garçom. Quando o prato chegou, não esperava que viesse tanta comida assim. Experimentei a bruschetta de shitake e realmente não gostei muito. Mas a minha esposa adorou. Fiquei então apenas com as de pomodoro.

De prato principal, pedimos Filet do Divino (R$55) e Risoto de abóbora com carne seca (R$44). Os dois pratos estavam deliciosos. O arroz com amêndoas que acompanha o Filet é simplesmente "divino".

Para acompanhar, pedimos 1/2 garrafa de Alamos Malbec (R$42) e água mineral (R$4).

De sobremesa, pedimos Petit gateu (R$19). Estranhamos muito que a sobremesa chegou muito rápido. Ao comermos, parecia que o bolinho já estava pronto, pois não estava muito quente e o chocolate que fica dentro já estava "seco". Mas nem por isso estava ruim, estava gostoso.

É um ótimo local para ir acompanhado. Por ser pequeno, ele dá um aspecto aconchegante, agradável para um jantar romântico.

Bistrô muito aconchegante, com boa carta de vinhos e pratos bem elaborados. Aos finais de semana tem música ao vivo, de voz e violão, que combina com o ambiente tranquilo e refinado.
Restaurante pequeno mas muito gostosinho. Comida ótima e atendimento bem simpático. Chegamos cedo e fomos muito bem recebidos pelo único garçom do lugar. Pedimos Queijo Brie com Damasco (R$32), Bacalhau do Chef (R$ 68 - Posta com lâminas de amêndoas, batatas e legumes), Magret com molho de framboesa (R$58 - acompanha queneles de mandioquinha com raspas de laranja) e de sobremesa Sorvete de Iogurte com Morango (R$18) e pudim de leite (R$15). A carta de vinhos é bem honesta. Infelizmente estava dirigindo e não pude beber.

Gostei bastante da comida, do cardápio e do ambiente. Mas tenho algumas ressalvas: Quando nós fomos (sábado para jantar), um único garçom se desdobrava em 3 para atender todas as mesas. O lugar também é um tanto quanto pequeno, e com a casa cheia, o ambiente fica um pouco desconfortável, obrigando a gente a participar da conversa da mesa vizinha. Mesmo em um ambiente tão pequeno, a casa possui música ao vivo. Eu sei que é um defeito meu, mas eu não gosto de música ao vivo em restaurantes. Acho que se a gente sai para jantar é para apreciar a comida em paz e conversar. Quem quiser ouvir música, que vá a um show. Até porque a aparelhagem de som montada na hora é cheia de distorções e chiados. Mas eu entendo e até aceito que a maior parte das pessoas goste de música ao vivo.

É um ótimo bistrô. A dica é chegar cedo, antes que a cada fique muito cheia.
Foto opinião do Lu sobre Bistrô do Divino
Você conhece o Bistrô do Divino? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: