Instalado na Villa San Pietro, escondida no meio da agitação dos Jardins, o Bistrot de Paris foi repensado em todos os detalhes para se tornar um autêntico bistrot francês.

O chef Alain Poletto assume a cozinha do restaurante e agora assina o cardápio de clássicos da cozinha francesa com pratos como o entrecôte au poivre, magret de pato aux fruits rouges, cassoulet, steak tartare e camarões à provençal, entre outros. No Bistrot de Paris tudo é controlado com rigor: a origem e a sazonalidade dos produtos, a seleção das receitas seguindo as técnicas clássicas, a apresentação cuidadosa dos pratos, o serviço atencioso e a completa carta de vinhos (com mais de cem rótulos, forte representatividade francesa e excelentes opções em taça).

Nesse sentido, a decoração também tem roupagem característica. A fachada com seus detalhes é uma passagem à França, o salão principal traz poltronas de estofado vermelho com suas típicas barras de latão, um majestoso bar e vitrais; gravuras originais das décadas de 1920 e 1930. Há ainda uma série de fotografias exclusivas de bistrôs parisienses icônicos (como Aux Lyonnais, Benoit e Le Chardenoux). Já no terraço, as mesinhas vieram diretamente da França e, na adega, é possível organizar encontros em petit comité. A intenção do bistrô é proporcionar experiências gastronômicas francesas autênticas. Até a baguette e a carafe d’eau são cortesia.

Avaliar
Salvar
Compartilhar
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

Fomos numa terça a noite, com reserva prévia, porém o restaurante não estava cheio, ao chegar entramos na viela, que da acesso ao restaurante, que é bem interessante, com diversas lojas de produtos gastronômicos que estavam fechadas, na hora do almoço, pode ser mais interessante, não da pra se sentir num beco ou viela em Paris, como alguns exageram, mas tá valendo!
Pegamos uma mesa logo na entrada, realmente como disseram aqui a disposição das mesas não é das melhores, mas estávamos confortáveis, vale lembrar que o restaurante tem outros ambientes separados, como saletas, bem interessantes
De pronto, fomos atendidos, garçom ok!
De entrada pedimos uma salada de Saint Marcellin, ótima!!! O queijo estava excelente, mas pecaram na quantidade das folhas verdes, podiam vir mais e maiores
Desistimos de pedir vinho no dia, mas as opções da carta são ótimas
Fomos, eu de bouef bourguignon (ja comi melhores) e namorada no file mignon grelhado ao molho poivre e batatas, estavam ótimos
Sobremesa uma tarte tatin, muito boa!
os valores acho que são justos pelo que o restaurante oferece
Recomendo a todos.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Fomos ao Bistro neste sábado e chegamos por volta das 21:00, o local não estava cheio, havia bastante casais, mas tínhamos opção de escolher qualquer lugar pois estava tranquilo o movimento. Escolhemos ficar na parte da varanda que tem a vista para a Avenida. O local é romântico, jantar à luz de velas, com música ambiente também há um telao para assistir TV.
O Bistro é super limpo e nós amamos tudo ali, o atendimento não deixou a desejar. Os garçons muito educados e atenciosos vinham a mesa sem que pedissemos para ver se precisávamos de algo.

Serviram super rápido, nada demorou. Primeiro chegou o fondue de queijo vem numa panela de barro, já veio quentinho bem consistente acompanhado de porções de: frango, carne, kafta, linguiça calabresa, queijo, pão, batata bolinha, e alguns molhos como cream cheese, vinagre temperado, mostarda. Há muitas opções de vinhos e bebidas. Não precisávamos chamar os garçons, eles mesmos se apercebiam que estava acabando algo e já vinham para repor caso quiséssemos.
Depois vem o fondue de chocolate também bem quentinho, consistência boa, numa panelinha um pouco menor, acompanhada de: laranja, maçã, uva, morangos, marshmallow, biscoito, suspiro e uma tigelinha com doce de leite.
Não podemos reclamar de nada, comemos muito bem.

O bistrot de Paris é lindo, fica numa vilinha charmosa da rua Augusta, tem 2 andares e melhor fazer reserva para não arriscar.
Durante a semana eles tem um menu de prato + sobremesa mais em conta.
O restaurante tem preço justo pela culinária tradicional francesa. Eles aceitam ticket!!
Eu gostei de tudo que eu comi, experimentei os crepes, steak au poivre (bife com molho de pimenta verde), boeuf bourguignon (cozido de vinho) e magret de canard (pato).
O cardápio não tem a descrição dos pratos, mas os garçons estão lá para ajudar.
De sobremesa eu sempre peço crème brulée, quebrar a casquinha de açúcar faz parte do meu ritual.

Recentemente por um projeto da universidade estive no Bistrot de Paris, e minha experiência foi fantástica.

Começando pelo atendimento que foi irretocável e o espaço que é extremamente aconchegante.

O lugar fica localizado em um pequena travessa da Rua Augusta sentido Oscar Freire e tem em seu entorno outros espaços gastronômicos que valem a pena serem visitados se tiver a oportunidade.

Os preços são padrão de Bistrot gastei em minha conta o total de R$ 78,40, minha refeição foi feita com um excelente Boeuf Bourguignon, muito bem temperado e preparado de forma fantástica. Realmente gostei muito do prato!

Como sobremesa comi uma deliciosa Tarte Tatin, que preciso enfatizar que estava fantástica, muito bem equilibrada e vem acompanhada de uma Bola de Sorvete de Creme e uma folha de hortelã, que trazem uma composição incrível ao prato.

Recomendo uma visitinha, é um investimento maior, mas vale a pena!
Boa comida, atendimento diferenciado e eficiente, lugar encantador que nos remete a restaurantes parisienses. Romântico a noite e cool na horário do almoço. Impossível não gostar! Os preços são justos e sempre o local está cheio. Melhor fazer uma reserva ou esperar trocando ideias nos bancos da entrada. Frequentado por gente bonita e muito agradável. Recomendado!!!

O Bistro de Paris foi montado com o nome Crepe de Paris há quatro anos pelo engenheiro francês Pierre Murcia. Era uma creperia com vocação para franquia. Em setembro de 2012, mudou de estilo e tornou-se um restaurante. Também foi rebatizado. Com a chegada um mês atrás à sociedade de Poletto e de outro conterrâneo, Cyrille Schroeder, ex-executivo da L’Oreal, está programado para passar por mais mudanças.
O ambiente é super romântico, com áreas internas e externas, todas gracinha! Fui comer raclette, do cardápio de inverno, e achei muito bom. Ponto extra por aceitar vale refeição, porque não é barato, mas vale a experiência. Tem pratos mais em conta no cardápio.
http://www.bistrotdeparis.com.br/

via Android

Voltei no bistrot de Paris depois de um bom tempo. Continua excelente! A comida é muito bem executada. E as opções são sempre fclássicas sem deixar de serem interessantes. Não é barato, mas o preço é justo pelo que oferece que é comida de qualidade. O serviço é bom. Só me incomodou um pouco o garçom repetir o preço dos pratos após indicarmos quais eram os escolhidos. O preço estava no cardápio, de maneira que foi bem antipático da parte do garçom reforçar o preço de cada item, como se talvez não pudéssemos pagar pelo que estavamos pedindo. Mas na verdade, a comida é tão boa e tão bem feita, que não tirou o brilho do jantar. Voltarei com certeza. Indico muito a entrada gourmand que vem foie gras, salmão defumado e terrine! O couvert com bacon defumado na casa, mini sopa de ervilha e pão de Brioche tb é imperdivel .

Especialista em Restaurantes Franceses e Bistrôs com 28 opiniões na categoria

Ufa, acabou! Visitei 7 restaurantes da 9ª edição do São Paulo Resturant Week, todos comentados aqui: El Patio, Oryza, Dui, Vinheria Percussi, Paellas Pepe, Amaranto e faltou o Bistrô Crepe de Paris.
A Isabelle já havia comentado do Bistrô Crepe de Paris após uma visita na 7ª edição do São Paulo Restaurant Week, em setembro do ano passado. De lá para cá, poucas coisas mudaram. O atendente também não foi o mais simpático, embora tenha se esforçado nas primeiras tentativas de fazer que eu escolhesse logo o que ia comer. Depois da terceira vez que precisei repetir: Estou esperando o meu namorado. Acho que ele entendeu e se afastou.

O restaurante não estava com a lotação máxima e muitas pessoas esperavam dar 14h, horário máximo para reserva, para se acomodar. Ao que pareceu, todos os que fizeram reserva foram acomodados no último andar do local, numa espécie de varanda, com mesas ao ar livre, sem barulho e mesas para aproximadamente 25 pessoas.

Nossa entrada, o croque monsieur, acompanhado de salada, estava com a aparência melhor que a salada escolhida pela Isabelle na outra edição. Mas, mesmo assim, acho que a qualidade das folhas ainda merece atenção na cozinha. Pela foto é possível reparar nas folhas queimadas e murchas.

O namorado preferiu de prato principal o Fricassê de frango com fetuccine (foto acima) e eu fui de Boeuf Bourguignon com arroz. Apesar de gostoso – comível – minha carne tinha muita gordura e chegou morno. O frango chegou quente e numa porção mais generosa.

De sobremesa pedimos o Crepe com doce de leite e coco. Apesar das 3 opções no site do São Paulo Restaurant Week, apenas duas estavam disponíveis: a salada de fruta e o crepe. Convenhamos, está na hora da organização do evento vetar salada de frutas dos menus. Nunca vejo ninguém pedindo salada e a ideia do evento, inicialmente pelo menos, era ter uma comida mais elaborada.

Bistrô Crepe de Paris Rua Augusta , 2542 – Loja 12 – Cerqueira César, São Paulo Telefone: (11) 3063-1675
Foto opinião do Claudia Midori sobre Bistrot de Paris

E de repente em meio a Rua Augusta você se depara com uma pequena viela e se sente transportado pra um pedacinho de Paris. Foi mais ou menos assim que me senti quando vi aquela “ruazinha” que levava ao Bistrô de Paris. E a paixão pelo visual do lugar foi tão grande que pensei ‘Ainda venho jantar aqui um dia desses’.
E o dia chegou, resolvi fazer uma reserva pelo site do restaurante para o dia do meu aniversário, e aproveitar pra usar um cupom que havia adquirido recentemente e que dava direito a 30% de desconto no valor dos pratos A la carte, e graças a toda essa combinação de fatores, foi possível conhecer o restaurante.
Ambiente a meia luz, mesinhas pequenas e cuidadosamente arrumadas e uma decoração bem discreta. Ao entrar no restaurante me senti em um daqueles filmes franceses onde se está prestes a ser pedido em casamento, ou então a mocinha é levada pra ter uma noite especial e romântica inesquecível. Essa sensação já fez valer a noite.
Confesso que a ideia de um cardápio com nome dos pratos escritos em francês é muito interessante, mas me deixou levemente constrangida por não saber exatamente como pronunciar algumas palavras na hora de fazer o pedido. No entanto, gostei da descrição do que cada prato leva, afinal tem restaurante que acha que somos adivinhos ou no mínimo muito entendidos do assunto gastronomia, o que às vezes não é o caso (essa foi a minha primeira experiência com gastronomia francesa).
Como entrada, pedimos um Carpaccio de Boeuf (R$ 19,00), filé mignon coberto com queijo parmesão e um molho de mostarda muito gostoso, além das folhas de rúcula e vinha acompanhado de torradas, estava delicioso! Recomendo.
Para o prato principal (os pratos são individuais, o cardápio deixa isso bem claro!) escolhi um Boeuf Bourguignon (Carne cozida no vinho tinto com cenoura, cebolinha, cogumelo, bacon e arroz), mas por alguma razão que não compreendi direito havia apenas mais quatro porções do prato e elas estavam reservadas. Fui então para minha segunda opção (no momento em que olhei o cardápio estava em dúvida entre duas coisas) e pedi por um Entrecôte Argentino com molho de mostarda de Dijon e batata sauté (R$ 49,00), carne ao ponto, macia e saborosíssima! As batatas estavam uma delícia também, e o molho de mostarda, dispensa comentários, mostarda nunca é ruim! Achei o prato até que bem grande pelo que sempre ouço as pessoas dizerem a respeito de bistrôs no que diz respeito à quantidade.
Acho meio impossível ir a um lugar como esse e não tomar um vinho, então optamos por um Tinto Chileno La Joya Reserva de 09 Cabernet Sauvignon (meia garrafa R$ 52,00), achei um pouco caro, mas valeu o investimento, acompanhou divinamente o prato principal.
Acabei decidindo de última hora trocar a sobremesa por um café expresso, e só posso dizer que o café fez valer a decisão, estava indescritivelmente delicioso, dispensou açúcar, como todo bom café, e num primeiro momento era bem suave e depois se sentia ao fundo o gosto do café com um toque achocolatado. Um dos melhores expressos que já tomei. Recomendo e muito ao menos dar uma passada no restaurante se estiver por perto depois do almoço (ou até mesmo pra almoçar também, pois existem menus executivos para isso) só pelo café e uma sobremesa!
E por fim, o atendimento foi um dos melhores que já tive! Senti-me uma princesa! Cadeira sendo puxada pra que eu me sentar, muitos sorrisos, vinho sendo servido a todo instante que a taça começava a esvaziar e uma prestatividade e atenção sem igual. Além da preocupação em perguntar sempre se a comida estava ao nosso gosto e se estávamos satisfeitos com o serviço.
Vale a pena pra uma ocasião especial, ou então pra matar a curiosidade e conhecer um pouco da culinária francesa. Os pratos tem um custo um pouco mais elevado, mas a qualidade e modo de preparo com certeza fazem compensar, só não é o tipo de lugar que dá pra ir sempre, infelizmente. Eu com certeza ainda volto um dia desses! Com certeza o melhor jantar de aniversário que tive!

Especialista em Restaurantes Franceses e Bistrôs com 28 opiniões na categoria

Visitar um dos restaurantes do São Paulo Restaurant Week exige cuidado na hora da escolha e organização com reservas e horários. Assim que a lista de estabelecimentos foi liberada, separei alguns lugares com cardápios atrativos e que ainda não havia conhecido. Entre eles está o Bistrô Crepe de Paris, localizado em uma charmosa vila da Rua Augusta, quase na esquina da Alameda Lorena. Liguei antes de ir e me informaram que não havia espera e nem era necessário reserva.
Óbvio que, meia hora depois, ao chegar na porta do restaurante em um sábado chuvoso em Sampa, me deparei com uma fila de dez mesas. O hostess estava super enrolado, o que irritou vários clientes, e insistia em tentar fechar a porta do local, para evitar que alguém mais quisesse esperar por uma mesa. Foi confuso e constrangedor, mas mesmo assim maridão e eu resolvemos esperar.

Ao entrarmos, acabamos acomodados em um canto bem tranquilo do restaurante, que de um modo geral tem uma arrumação que não facilita a boa circulação dos garçons e clientes. Nosso atendente não era o mais simpático, mas foi cordial diante de tantas pessoas esperando e mesas sendo ocupadas. De entrada, as opções eram Salada Verão (Folhas verdes, tomate, pepino Japonês, cenoura) ou Salada Ceasar (Alface Americana, frango desfiado, parmesão, crouton). Ficamos com a segunda alternativa, que chegou com folhas bem claras, perto do talo, pouco molho de mostarda, duas fatias finas de frango e duas outras de queijo parmesão. Decepcionante!

Para prato principal, ambos escolhemos Entrecôte com Batata frita ao Molho de Mostarda Dijon à l´ancienne, mas também é possível pedir Filet de Saint Pierre grelhado no azeite com Risoto de Alho poró ou Fricassé de Frango com fetuccine ou Crêpe Mônaco (Filet mignon ao molho rôti, champignon e salsa) ou Lazanha Vegetariana ou Crêpe St Tropez (Espinafre, tomate concassê e cream cheese). Sim, são muitas opções, ponto para o Bistrô Crepe de Paris!
O prato não estava lá essas coisas, mas foi a melhor parte da refeição: carne ao ponto, mas meio gordurosa demais, do tipo que vira chiclete com mais de três mordidas. O molho de mostarda estava ok, mas sem muita bossa, enquanto as batatas estavam sequinhas só que com uma apresentação feia, escura, como tivessem sido fritas em óleo usado.

De sobremesa era possível escolher entre Crepe de doce de leite com côco
ou Crème Brulée ou Fruta da Estação. Ficamos com a última opção, docinha na medida e em tamanho satisfatório. O crepe da mesa ao lado parecia bem mais gostoso, mas aí já não dava para trocar.

O restaurante também tem menu de jantar, que está disponível no site do SPRW. Quem for visitar, não deixe de reservar!

O Bistrot de Paris fica na Villa San Pietro na Rua Augusta, é um charme o local, ótimo para ir a dois, tem um ambiente bem romântico.

Eu não havia feito reserva quando fui, então tive que aguardar um pouco até ser chamada, mas até que não demorou, ficamos uns 20 minutos aguardando, considerando que era um sábado a noite e estava meio, foi um tempo bem aceitável. O atendimento foi ótimo.
Como estava frio acabamos pedindo um Fondue de queijo, é gostoso e bem servido, até demais, pois eles dizem que para duas pessoas, mas acredito que daria para umas 3, 4 tranquilamente. Eu particularmente achei um pouco caro o Fondue, foi R$120,00 o casal, por ser servido apenas com pão italiano achei caro. Mas dando uma olhada geral no cardápio, não é caro.

Vale a visita!!!

Primeira opinião do lugar
Que tal visitar um bistrô em plena Av. Augusta em uma vilinha bem escondida? Nesse último Restaurant Week resolvi experimentar e não me arrependi.

O atendimento foi muito cortês e simpático e logo recebemos um couvert com pãozinho e patês gostosos. Esse é um dos lugares que até vale a pena a entradinha.

Peguei a Ceasar Salad de entrada, que veio em um prato até que modesto. Parmesão em tiras finas, croutons crocoante e frango.

O prato principal resolvi pedir o Entrecotê de batata ao molho de mostarda. Eu vi passando na mesa ao lado e fiquei com vontade. O prato estava bom, mas a batata estava excelente!

Para finalizar, escolhi o creme brulèe (apesar de ter a opção de crepe).
Exibindo 14 opiniões | Total de 69 opiniões
4 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Bistrot de Paris? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: