Muito famosa após a visita de Madonna ao local, o Bar Secreto é uma balada que tem foco na música eletrônica e rock. O espaço conta com sofás e lustres antigos. Para os famintos de plantão, lanches do Chez Burger são servidos até às 4 da manhã.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Já tinha ido no bar secreto para essa mesma festa há muito tempo, então não lembrava direito do local. Perto do metrô Faria Lima, em uma rua escondidinha de Pinheiros, a casa passa quase que despercebida, se não estiver aberta.

O local possui dois andares e três espaços. A pista que é bem grande, com um palco para o show/dj, um bar grande no canto e outro menor na lateral. Banheiros atrás da pista, pequenos porém organizados e limpos. No andar de cima, há um lounge com sofás e puffs. Em seguida, a área de fumantes, onde há um projetor transmitindo sempre vídeos relacionados ao tema da festa. A área não é grande, mas nunca a vi lotada. As escadas são um pouco estreitas, se você beber demais, tenha cuidado! A bebida, de qualidade, mas bem cara, R$15 a long neck!! O resto dos drinks são caros também. Além da localidade, o público que frequenta é mais sofisticado e acaba aceitando esse valor numa boa. A qualidade do som é ótima também. Você só deixa de ouvir direitinho na área de fumantes, onde o pessoal vai mais pra conversar. Há chapelaria e as comandas são individuais. Se tiver dúvida, os atendentes olham o que você consumiu até o momento numa boa. Os funcionários são todos simpáticos e não pintam aquele nariz esnobe que outras baladas costumam ter.

É para uma noite mais tranquila, pra se divertir com amigos. Programa ocasional, não é balada pra todo fim de semana também. Gosto de lá e recomendo!
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

Já tinha ido no bar secreto para essa mesma festa há muito tempo, então não lembrava direito do local. Perto do metrô Faria Lima, em uma rua escondidinha de Pinheiros, a casa passa quase que despercebida, se não estiver aberta.

O local possui dois andares e três espaços. A pista que é bem grande, com um palco para o show/dj, um bar grande no canto e outro menor na lateral. Banheiros atrás da pista, pequenos porém organizados e limpos. No andar de cima, há um lounge com sofás e puffs. Em seguida, a área de fumantes, onde há um projetor transmitindo sempre vídeos relacionados ao tema da festa. A área não é grande, mas nunca a vi lotada. As escadas são um pouco estreitas, se você beber demais, tenha cuidado! A bebida, de qualidade, mas bem cara, R$15 a long neck!! O resto dos drinks são caros também. Além da localidade, o público que frequenta é mais sofisticado e acaba aceitando esse valor numa boa. A qualidade do som é ótima também. Você só deixa de ouvir direitinho na área de fumantes, onde o pessoal vai mais pra conversar. Há chapelaria e as comandas são individuais. Se tiver dúvida, os atendentes olham o que você consumiu até o momento numa boa. Os funcionários são todos simpáticos e não pintam aquele nariz esnobe que outras baladas costumam ter.

É para uma noite mais tranquila, pra se divertir com amigos. Programa ocasional, não é balada pra todo fim de semana também. Gosto de lá e recomendo!

A decoração cheia de velas acesas com cera escorrida pela madeira dos móveis coloniais define o clima lúdico do lugar.
O público é alternativo e chique, o que dá a impressão de uma mini viagem à Nova York, em um clube onde se tem liberdade para vestir, maquear e dar um show de pole dance como quiser sem ser julgado.
A paquera passa longe da pegação comum em baladas de playboy. No Secreto as pessoas (de 20 a 35 anos) tem papo interessante e gostam de conversar. O público não se restringe a hétero ou homo, todos se respeitam e curtem juntos o som que vai do Rock (toda primeira quarta feira do mês) ao funk/eletrônico/brega do super animado Dj Sany Pitbull, em sua residência mensal no clube.
O cardápio de drinks agrada o paladar feminino, com clássicos como cosmopolitan e Boody Mary muito bem preparados.
Um diferencial é a possibilidade de comer na balada, hambúrgueres gourmet da casa ou porções.
Para não abandonar a atmosfera do lugar nem na hora do cigarro, o fumódromo é um mini cinema, onde são projetados filmes antigos (clássicos e bizarros).
A melhor parte é que o preço varia de R$20,00 consumíveis (as quartas feiras) a R$60,00 consumíveis para as mulheres e R$90,00 consumíveis para os homens (as sextas feiras).

via mobile

Está procurando um lugar mais reservado, bom para dançar, conversar, flertar... O Bar Secreto é o lugar! Com uma decoraçao incrível e com muita gente bonita, não tem como não ficar viciado no lugar. Se pudesse, eu iria a semana inteira.
O atendimento é muito bom, as opções de bebidas são diversas... Eu destaco o Jim Bean, bourbon da melhor qualidade, difilmente encontrado nas baladinhas de São Paulo. E eventualmente, você até encontra alguma celebridade.

Um lugar secreto escondido na Vila Madalena com um entrada muito discreta, passei dezenas de vezes antes de descobrir que ali estava uma das baladas mais famosas da região há alguns anos. Depois do auge do local, finalmente fui conhecer e gostei bastante!

Eu definiria com uma das baladas mais fáceis de agradar a qualquer um, com pessoas bonitas e bem vestidas (mais que a média) e música bem eclética que mistura eletrônico, pop, rock e até umas antigas que todos conhecem.

O ambiente é feito por uma pista com um bar e um pole dance (?), um segundo andar com dois ambientes, sendo um que dá para descansar. De fora parece pequena e de dentro bem espaçoso.

Em um sábado normal foi tranquilo entrar por volta das 0h00 sem nome na lista, e acabei sendo cobrado pelo preço de lista mesmo.

via iPhone

Lugar tranquilo, decoração tíipica da casa da vovó com alguns móveis antigos e até mesmo um piano trancado. Há 3 pequenos lounges com sofás e que a gerência acredita ser um camarote. Para reservá-lo cobram R$1.000,00. Sim, R$1.000,00 por um sofá (ok, ele é bem confortável). Se chegar cedo, sem reservar nada, fechar uma garrafa de vodka, o garçom já vai arrumar o balde com os drinks em uma das mesinhas em frente ao sofá e você fica tranquilo.
A música é ok, na verdade repetiram muitas músicas e são aleatórias. Numa sequência tocaram Red Hot Chilli Peppers, Anitta e Lady Gaga.
No andar superior rola tipo um cineminha... achei interessante.
Os drinks são caros, média de R$32,00 dependendo do destilado escolhido.
Pedi um Old Fashioned (Jack Daniel´s, açúcar, suco de laranja, angostura e club soda), depois pedi um Blood Mary e pra fechar a noite uma garrafa de água; conta final: R$78,00. =O
Achei pelo menos a porção de fritas baratas e vem tipo numa caixinha! Não experimentei, mas vi umas meninas comendo e pareciam estar boas. Acho que custam R$13,00.
A entrada mulher fica por R$60,00 consumação se tiver nome na lista. Homem acredito que é R$80,00.

Acho que dei azar. A casa abre as 23h00, mesmo colocando o nome na lista era para chegar as 23h00, por causa da lotação da casa. Caracas!!! fizemos o que pediram chegamos as 23h00, a casa ainda estava abrindo, o segurança pediu para esperarmos na rua uns "30 minutinhos" por causa de um "probleminha" que eles tivera, sabe aquela desculpa meio esfarrapada, pois é, é essa mesma, conversamos um pouco com a hostess, que disse que a casa costumava lotar lá pelas meia-noite, de cara a consumação foi de R$60 para mulheres e R$ 80 para homens, quando entramos deu para dar uma boa olhada na casa já que estava vazia mesmo, o atendimento é muito cordial, não tenho reclamação sobre o atendimento. A 1h30 não tava nem na metade, a lista de músicas era boa, o público girava na faixa dos 20 aos 30, (na faixa dos 23 aos 24 seria mais exato), as bebidas não são nenhuma coisa do outro mundo, mas os preços são. as 2h00 tava indo embora para outro lugar, e a casa ainda estava meia vazia.

Para resumir: é muito marketing para muito pouco produto, tem baladas mais animadas por ai. Me disseram que era um lugar de patricinhas e mauricinhos e é verdade, não foi barato, não foi divertido, não preciso voltar.

O Bar em questão não se chama secreto, ele simplesmente assim foi alcunhado por não ter nome e não fazer divulgação da sua programação (ao menos não fazia). A casa surgiu no mais tradicional esquema das grandes metrópoles de ~selecionar~ os convidados na porta ou por ser amigo de algum amigo da casa (blargh).

E por assim foi um dos clubes mais exclusivos e com festas mais bacanudas da cidade até começar a cair em esquecimento até que em 2008 fez "história" na cena paulista por ter sido escolhido por nada menos que Madonna para curtir uma noite com os mais famosos entre os famosos do Brasil, foi lá que o romance com o então desconhecido Jesus Luz tomou forma, por exemplo. Após isso a casa voltou a povoar o imaginário dos baladeiros e fãs da cantora que queriam conhecer a casa para entender o motivo da escolha.

Pois bem, não vou descrever tudo na casa para não tirar essa graça de quem ainda não conhece o local Secreto de SP, mas vale dizer que se você esperar muita coisa, na certa vai se frustar. Mas o que importa numa balada é a cena, a vibe e o a casa faz disso, no caso do Secreto, eu recomendo as noites do MixHell, comandadas pelo Igor Cavalera (ex-Sepultura).

Os drinks são muito bons, alguns dos melhores de baladas de sampa (provei os clássicos), os preços são altos, pra entrar nem sei se cobram, mas se cobram é mais de 100$ homem só a entrada.

Vá e propague o segredo...

Eu diria que o bar secreto é como uma pequena jóia de São Paulo, um lugar bem discreto que esconde uma casa pequena porém aconchegante. O clima é super descontraído e como fui numa quinta-feira não tive problemas com relação lotação.

Os funcionários são bastante simpáticos, desde o senhor que faz a limpeza do banheiro, bartender, até os seguranças que estão todos vestidos em branco.

O som do dia era comandado por duas mulheres que tocavam um rock dancante e alguns clássicos da música pop.

Gente bonita e descontraída e um local onde é possível curtir um bom som e socializar nos grandes sofás espalhados pelo estabelecimento.

Sempre ouvia falar entre amigos do tal Bar Secreto, mas nunca havia ido... Resolvi conhecer a casa a convite de um brother que é DJ e iria tocar lá. Cheguei cedo e como a casa estava vazia pude reparar nos detalhes, a balada é um pouco escura, mas a decoração é show de bola, há sofás, puffs e até um pole pra mulherada sensualizar...

Uma das coisas que me agradaram é que o bar fica bem em frente a pista e os PA's principais... Ou seja, dá pra tomar um drink e escutar um som com excelente qualidade, afinal a casa possui um ótimo sistema de som.

Em relação a bebida achei que os preços estavam bons, nem muito caro, nem muito barato.
Em geral não é uma balada cara, mas o publico é bastante selecionado, pra mim valeu a pena.
Gostei e pretendo voltar mais vezes!

Bar Secreto is a little hidden bar close to Faria Lima, but probably already in Pinheiros or Vila Madalena. Even though, there is no sign with its name on the house, you find it because of the crowd of people standing outside and waiting to get in ;-)

Great music, great and very diverse party-people! Ordering a drink is thankfully super fast, since it gets pretty heated in that place ;-)
Exibindo 14 opiniões | Total de 17 opiniões
Você conhece o Bar "Secreto"? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: