Bar Balcão

nota 4.0 de 5 em 11 opiniões
| Rank: 180º de 1192 | Bares e Botecos
Mais na região Como chegar

O nome faz jus ao que o bar apresenta. Com um balcão de 25 metros que serpenteia todo o andar, e uma decoração inusitada, com misturas de quadros, o local é completamente aconchegante. Os petiscos e porções ficam sempre melhor acompanhados por um chopp, o carro chefe da casa. Mas não ignore o sanduíche Balcão Mignon.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque

Quando cheguei definitivamente a São Paulo, em setembro do ano passado, este foi o lugar escolhido pelos amigos para me dar as boas vindas. Talvez aí eu tenha criado uma ligação mais particular com o bar que já havia frequentado outras vezes. Acostumado com estabelecimentos de estrutura comum, com mesas e cadeiras dispostas pelo salão, ver pela primeira vez aquele balcão serpenteando o primeiro pavimento é uma simpática surpresa. Como os clientes ocupam os dois lados da mesa, é interessante observar a habilidade com que os garçons circulam com as bandejas. A iluminação fraca e a decoração impecável torna a visita ao Bar Balcão mais aconchegante.

Mas ninguém vai para o bar só admirar a decoração, né? No Balcão, a pedida obrigatória, segundo garçons e clientes, é o chopp estupidamente gelado (que é tirado ali mesmo, do seu lado, dependendo de qual lugar do balcão você ocupa). E ele chega imediatamente após o pedido, o que torna a espera pelos pratos menos demorada. O estabelecimento também tem ótimas opções de drinks mais elaborados, como a capirinha de lichia que é sensacional.

comidinhas
O Bar Balcão proporciona uma verdadeira experiência gastronômica com um cardápio variado, que vai de petiscos de bar, a sopas, sanduíches e canapés cuidadosamente preparados. A minha dica é o sanduíche de berinjela e os canapés de rosbife (que ficam tão bonitinhos no prato que dá até dó de comer). Em dias frios, vale a pena provar as sopas da casa, como a de cebola e a de abóbora com alho poró.

O bar possui um mezanino com mesas e cadeiras, mas o legal de lá é justamente se sentar ao balcão. Após às 20 horas, o local já está cheio. É que muitas pessoas saem dos escritórios da região e vão curtir um happy hour merecido com os colegas da "firma". Mas às 23 horas o público começa a circular, então se você chegar mais tarde, sempre vai ter um lugar para se sentar com os amigos.

Ruim para uns, bom para outros, ao seu lado podem estar pessoas desconhecidas. Como o público em geral é bem parecido, as chances de boas amizades surgirem a partir de uma conversa com estes "estranhos", são grandes. Eu mesmo conheci duas meninas que se tornaram companhias indispensáveis em shows.

Considerações finais
O Bar Balcão tem um bom atendimento, chopp gelado e cardápio de comidas e bebidas bastante variado. As porções são servidas em quantidades generosas e o preço é muito honesto. Apesar de muitas pessoas irem em grupos, eu recomendo a visita com até três pessoas. É porque como os clientes sentam-se lado a lado e não há divisão entre os assentos, às vezes fica impossível dar atenção à todos os amigos, por isso, quatro pessoas é o ideal.
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via iPhone

Segunda vez que compareço a esse bar, e segunda vez que me decepciono com a comida. O mesmo problema nas duas vezes: o sanduíche de filé mignon vem com um filé com tamanho equivalente a metade do pão, o que torna a experiência gastronômica desagradável e deixa o consumidor com a sensação de ter sido enganado. Minha dica aos proprietários: se querem economizar, diminuam o tamanho do pão, fica menos feio.

Quando cheguei definitivamente a São Paulo, em setembro do ano passado, este foi o lugar escolhido pelos amigos para me dar as boas vindas. Talvez aí eu tenha criado uma ligação mais particular com o bar que já havia frequentado outras vezes. Acostumado com estabelecimentos de estrutura comum, com mesas e cadeiras dispostas pelo salão, ver pela primeira vez aquele balcão serpenteando o primeiro pavimento é uma simpática surpresa. Como os clientes ocupam os dois lados da mesa, é interessante observar a habilidade com que os garçons circulam com as bandejas. A iluminação fraca e a decoração impecável torna a visita ao Bar Balcão mais aconchegante.

Mas ninguém vai para o bar só admirar a decoração, né? No Balcão, a pedida obrigatória, segundo garçons e clientes, é o chopp estupidamente gelado (que é tirado ali mesmo, do seu lado, dependendo de qual lugar do balcão você ocupa). E ele chega imediatamente após o pedido, o que torna a espera pelos pratos menos demorada. O estabelecimento também tem ótimas opções de drinks mais elaborados, como a capirinha de lichia que é sensacional.

comidinhas
O Bar Balcão proporciona uma verdadeira experiência gastronômica com um cardápio variado, que vai de petiscos de bar, a sopas, sanduíches e canapés cuidadosamente preparados. A minha dica é o sanduíche de berinjela e os canapés de rosbife (que ficam tão bonitinhos no prato que dá até dó de comer). Em dias frios, vale a pena provar as sopas da casa, como a de cebola e a de abóbora com alho poró.

O bar possui um mezanino com mesas e cadeiras, mas o legal de lá é justamente se sentar ao balcão. Após às 20 horas, o local já está cheio. É que muitas pessoas saem dos escritórios da região e vão curtir um happy hour merecido com os colegas da "firma". Mas às 23 horas o público começa a circular, então se você chegar mais tarde, sempre vai ter um lugar para se sentar com os amigos.

Ruim para uns, bom para outros, ao seu lado podem estar pessoas desconhecidas. Como o público em geral é bem parecido, as chances de boas amizades surgirem a partir de uma conversa com estes "estranhos", são grandes. Eu mesmo conheci duas meninas que se tornaram companhias indispensáveis em shows.

Considerações finais
O Bar Balcão tem um bom atendimento, chopp gelado e cardápio de comidas e bebidas bastante variado. As porções são servidas em quantidades generosas e o preço é muito honesto. Apesar de muitas pessoas irem em grupos, eu recomendo a visita com até três pessoas. É porque como os clientes sentam-se lado a lado e não há divisão entre os assentos, às vezes fica impossível dar atenção à todos os amigos, por isso, quatro pessoas é o ideal.

Curti muito o lugar, e as opções de sanduíches são muito legais. Na minha galera foram três sanduíches
diferentes e todos adoraram as próprias escolhas.

Eu acho apenas que poderiam ter mais variedade de cervejas e drinks no cardápio, pois seria um ótimo lugar
para gastar algumas boas horas lá!!!!!

Dizer o que? A bebida é ótima (dá pra pedir um bloody mary sem medo de ele estar com gosto de molho de tomate, por exemplo), a comida também (super recomendo o sanduíche de pastrame). Além de tudo, o lugar é lindo (que outros bares têm um Roy Lichtenstein de verdade na parede?). E, depois de alguns anos indo, os garçons te conhecem e tal. Enfim, se o negócio for um lugar para beber e comer bem e passar a noite conversando com os amigos, não tem nada melhor.

Bar Balcão!
Onde você literalmente come num balcão que percorre o salão inteiro com banquetas dos dois lados, fazendo jus ao nome!
O ambiente é bacanérrimo, meio escurinho, bem descolado. Achei engraçada a decoração. Parece que decoraram pegando uma peças que foram encontrando por aí: aviõeszinhos de madeira pendurados, uma escultura de mulher com um pescoção, lanternas de borboleta, quadros ..

Não tô lembrando o prato que pedi!
Mas o prato era o seguiiinte: salada de rúcula com alface ao molho de manjericão, arroz puxadinho no molho inglês, batata palha bem fininha, com um medalhão de filé mignon mal passado ao óleo de tomate seco. MUITO BOM! Saiu por R$ 38,90.

Não cobram taxa de serviço, é opcional.

O Bar Balcão é um ótimo ambiente, aprendi a ir lá com meu pai, que é tão ou mais boêmio do que eu.
O mais interessante do bar é que não tem meses no ambiente principal e sim um grande balcão que dá a volta no salão, então todos sentam juntos, o que facilita a comunicação de quem gosta de fazer amizades.
Comi uma sopa de abóbora e um vinho da ultima vez que fui, uma delicia.
É um ótimo lugar para ir com amigos, tem um público com pessoas interessantes por volta dos 30 e 40 e ambiente bacana.

Ao lado da avenida Rebouças poucas pessoas imaginam que há um local tão acolhedor quanto ao Bar Balcão. No lugar de mesas há um grande balcão que toma quase todo o espaço do bar.
Os sanduíches são sempre excelentes opções de pedida, seguidos de petiscos, porções e, claro, cervejas. Para quem não come carne, a opção é o Balcão Vegetariano, com pão ciabatta, cogumelos na manteiga, tomate seco, rúcula e parmesão.
Fica na rua Melo Alves, 150 - Cerqueira César. Fone: 11 3063-6091.
A sugestão é a de chegar razoavelmente cedo para conseguir um local se acomodar.
Foto opinião do Robson Bertolino sobre Bar Balcão
Primeira opinião do lugar

Hambúrguer no Balcão

Nada como comer um bom cheese salada no balcão, sem frescuras e direto ao que interessa. Melhor ainda em frente ao chapeiro do Seu Oswaldo, do Joakins ou do Oregon. Mas quando me chamaram para ir ao Bar Balcão, não pensei em hambúrguer. Logo me lembrei do imenso balcão que serpenteia todo o salão do bar e convida o paulistano a se socializar após alguns chopes.

Desta vez, com os amigos Calenda e Ana Luiza, fiquei no mezanino, apreciando a serpente de madeira lá de cima, e o assunto não era o chope Brahma (leve e gostoso, mas não dos melhores de SP) e sim os sanduíches do Balcão.

Quando cheguei, eles já estavam acomodados com seus chopes em frente a uma convidativa porção de fritas (bem sequinhas e macias). A pedida era o hambúrguer com molho de gorgonzola, mas a curiosidade me levou a espiar o cardápio. A dúvida me abriu o apetite. Até o vegetariano com chutney de manga me passou pela cabeça.


Segui a recomendação inicial e o ‘cheese salada’ de gorgonzola superou minha expectativa. Diria que está pau a pau com o Drop Kick, servido no Clube Belfiori, embora a parece de carne do burguer do CB seja inigualável.

A versão do Balcão vem aberta no prato, com tomate e uma saladinha verde, que não serviu só de enfeite. A carne estava no ponto e o molho também. Ótima pedida. Difícil vai ser não repetir a escolha. Pra variar, peço o hambúrguer de gorgonzola do Balcão no balcão mesmo.

(Post publicado originalmente no Braun Café em 16 de julho de 2008)
Você conhece o Bar Balcão? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: