Balaio de Gato

nota 4.0 de 5 em 63 opiniões
| Rank: 25º de 725 | Bares e Botecos
Divulgue seu estabelecimento aqui
Saiba como
Dicas rápidas Ver todas as dicas
avaliações recomendadas
Nosso sistema de inteligência artificial recomenda automaticamente as opiniões com maior probabilidade de serem relevantes a você. Ele leva em conta diversos fatores como, por exemplo, a qualidade de texto e fotos, e o histórico de publicações do autor. Apenas as avaliações recomendadas são levadas em conta na avaliação geral do estabelecimento.
   
Selecione uma nota

Mais um daqueles locais arrumadinhos que furam o olho na hora da conta. Uma long neck da Backer por $11,90 que em qualquer outro lugar vai custar uns $7, Original de 600ml por $9,80 e porçãozinha de linguiça com mandioca por $37,50 são alguns exemplos dos valores altos por lá praticados. Some a isso um couvert de $12,00 e a conta vai quebrar o orçamento. Outra coisa que não me agrada é a opção por servir água mineral naquelas garrafinhas microscópicas de 200ml. O atendimento é regular, por vezes esqueciam o que foi pedido. Ponto positivo para a limpeza do banheiro, mas isso não faz compensar pagar uma das cervejas mais caras da cidade.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.

via iPhone

Ambiente muito agradável! Durante o dia, uma loja e restaurante, a noite loja e bar!
Apresenta bons aperitivos e uma carta de vinho interessante. Pedimos a carne serenada com mandioca, estava uma delicia e veio bem servida. Alguns amigos pediram nachos de carne e estava uma delicia. O suco e bom, exceto o de laranja que veio aguado. Pedi o vinho caneta, de uva cabernet, a que mais gosto. O preço era bem acessível.
Recomendo o lugar!

Bar ao ar livre, com ambiente jovem e bem animado. Preços normais e com a melhor batata com bacon de belo horizonte, para butecos. Recomendo para um dia descontraído e mais casual. As mesas ficam numa rua inclinada, o que me incomoda um pouco, mas nda que atrapalhe.

A convite da comentarista oficial do blog, Juliana César Coelho, visitamos o terceiro (na ordem de vista) e primeiro (na ordem de fundação) Balaio de Gato, um bar-loja. E a Cristina, inclusive, para não sair com as vastas mãos abanando, comprou, para variar, uma colcha bastante florida que custou três quartos do meu gasto no bar-loja. Pela quantidade de colchas que existe em casa, acho que a Cristina está pensando em abrir uma loja de colchas, quando se aposentar.
Com exceção de Marina e Chico, compareceu, além das já citadas, o cerne mais duro do blog: Valéria, Vilminha, Humberto, Marcos e Gera. Com Cleonice, Luiz Henrique e Gabriel completamos o time. Se estivéssemos todos podería-se dizer que era a própria Santa Ceia.
O bar-loja impressiona, de cara, pelo belíssimo prédio da década de vinte, onde está instalado, na Rua Piauí 1052, Funcionários, 3213-9374. Impressiona, a seguir, pela decoração feita com tapetes feitos à mão, que lembram os trabalhos antigos das cidades do interior.  Ficamos admirando as colunas da varanda, os vitrais, os ladrilhos hidráulicos sem entender o que era original e o que era de renovações menos antigas.
Esta viagem pela arquitetura do prédio, foi facilitada depois do consumo de uma boa quantidade de uma cachaça especial que eu trouxe de Salinas, feita pelo Lula, envelhecida por cinco meses, em tonel de aroeira, que lhe deu um forte gosto de madeira (tonel novo) e um maravilhoso tom vermelho, como se fosse um rum “anejo”.
Funciona de terça a sexta, das 18 as 23 horas e nos sábados das 12 às 22 horas e podem-se encontrar diversos avisos e pedidos de cuidados com o volume das vozes, a partir das 22 horas, para evitar reclamações da vizinhança.
Por falta de mesa livre ficamos perto da entrada em uma mesa mais próxima da loja; isto foi bom porque estávamos com a macaca e falávamos alto e ríamos a ponto de estourar os botões das calças, o que provocava preocupações na Juliana. O Gabriel colaborou com o besteirol mostrando a nova língua que ele inventou e passamos a conversar apenas na língua nova.
As donas, Leca e Lu, permanecem no bar-loja, atendendo a todos; foi a Leca que tirou a nossa foto. Quem quiser conhecer melhor o espírito da coisa pode acessar www.obalaiodegato.com.br e verá, além da bela foto da fachada da casa, que o bar começou em 2005; improvisaram um bar para o bazar que foi tão bem aceito que foi efetivado. Verá que pode experimentar, nos sábados, almoços surpresa.
O nome “Balaio de Gato” veio para explicar como funcionaria a parte de baixo da casa, um local que caberia tudo. Percebe-se que a intenção primeira do local é promover a reunião de amigos, mas a cozinha não deixa a peteca cair e apresenta pratos com nomes originais (lá tudo é original) como Lula Temperamental ou Pescado do Padre.
Desta vez teve, no falar de Valéria, um pós-blog, pois encerramos os trabalhos, em casa, com Humberto e Vilminha, saboreando, a goiabada da Dona Vivinha (a melhor do mundo), que recebi de presente da família, com queijo.

UM LUGAR CHARMOSO,GOSTOSO E ESPECIAL,loja com milhares de opções de moda-arte-design e da cantina com um cardápio sempre original e saboroso, permanecem os almoços de sábado com chefs convidados e surpresas gastronômicas que são tudo de bom; parcerias com ONG’s ligadas à inclusão social e à proteção animal; e permanecem os eventos festivos, os lançamentos culturais e os carnavais improvisados. Além do mais, o Balaio de Gato é dinâmico e independente. Horários de funcionamento:
» De 3ª a 6ª feira das 17:30 às 00:00
» Sábados das 17:30 às 23:30.
Exibindo 14 opiniões | Total de 60 opiniões
4 opiniões não são recomendadas
Você conhece o Balaio de Gato? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: