Mais na região Como chegar

Inaugurado em maio de 2010, o Alberta #3 é um clube de rock para adultos. Localizada no centro de São Paulo, a casa busca aliar diversão e sofisticação para um público exigente com o serviço, e em busca de preço justo. Já recebeu prêmios (melhor paquera, melhor drinque, melhor banheiro) de publicações como "Veja SP", "Época" e de diversos sites.

A casa está localizado na avenida São Luís, 272, quase na esquina com a rua da Consolação. Seus três andares, cada um com um bar próprio, foram inspirados em saguões de antigos hotéis da região. O bar oferece drinques clássicos e exclusivos, e também chopes.

O Alberta #3 funciona de quarta a sábado, com happy hour sem cobrança de entrada das 19h às 22h (Permanecendo na casa após às 22h a entrada é cobrada). O local recebe festas com uma programação musical embasada no rock, clássicos, indie, pop e hip hop.

O nome da casa é uma homenagem a Bob Dylan, que em 1970 lançou duas canções chamadas Alberta #1 e Alberta #2.

Avaliar
Salvar
Compartilhar


Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opinião em destaque
Apesar da reabertura ter sido caída, com os moveis desgastando e tal... EU AMO o Alberta #3... O chopp Colorado Appia, as musicas de rock clássicos, os drinks PERFEITOS [tem um que tem duas pimentas na ponta que eh uma explosão dos seus sentidos e pra variar não sei o nome] e a pixxxta no subsolo! I don't care! I love it!
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota

via Windows Phone

Lugar intimista, decoração interessante, público por volta dos 30 anos. Primeiro andar mais animado que o térreo e mais lotado. Achei meio caro e bagunçado, demorou uns 20 min para trazerem uma cerveja.
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Apesar da reabertura ter sido caída, com os moveis desgastando e tal... EU AMO o Alberta #3... O chopp Colorado Appia, as musicas de rock clássicos, os drinks PERFEITOS [tem um que tem duas pimentas na ponta que eh uma explosão dos seus sentidos e pra variar não sei o nome] e a pixxxta no subsolo! I don't care! I love it!

Depois que fiquei órfã do Vegas saí em busca de uma noite tão divertida quanto e encontrei o Alberta.
É um cantinho delicioso ali na São Luís e que já tenho muita história pra contar.
O lugar está dividido em três andares: o piso "térreo" onde sofázinhos disputados no começo da noite por grupos diversos - tem executivo fazendo happy hour e pessoal pronto pra night - ainda comendo alguma coisa e tomando basicamente cerveja.
No andar superior o grande lance é o bar. Enoooooooorme os drinks mais bacanas do menu saem de lá e é a grande pedida do pessoal que fica por lá escutando música e papeando.
O inferninho é lá embaixo. É onde a pista ferve e o pessoal se joga ao som de muito rock.
Apesar de não ser dos mais caros, o preço dos drinks são bem salgados. Vale provar mas no final você vai ficar mesmo é na cerveja.

Estive lá na ultima 6a-feira, no happy hour. O ambiente é bacana, o som também. Os drinks são bons, porém caros e demoram muito a sair.
Tivemos problemas com cobrança nas comandas e fomos MUITO mal atendidas pelo barman do primeiro piso e pela hostess. Não volto mais.

Casa alternativa bem localizada. Tem um bar na entrada e um ambiente subindo as escadas, com mesas, e um outro ambiente como um "porão", onde rola uma baladinha.
É uma boa pedida para quem procura um lugar moderninho. As músicas são muito boas!

via Android

Chegando ate as 22 nao paga pra entrar, da pra fazer um happy hour com musica ambiente baixa, uns drinks diferentes (cerca de R$22) e uns petiscos (porcao de parmesao R$ 15, achei bem grande pro preco, no supermercado é mais caro comprar um pedaço). Cerca de meia noite abre a pista no subsolo, com dj. Era sabado a noite, festa decadence, e tocou umas musicas pop-rock tipo joven pan anos 90, de pet shop boys a spice girls, backstreet boys e nirvana... nao tinha ninguem la mega empolgado, galera na faixa de 30, varios de preto, ninguem muito arrumadinho (tipo salto alto) nem estiloso, bem diferente do publico do beco, por exemplo. A pista estava bem cheia, porque é pequena, mas nao estava quente, tem ar condicionado. Tem chapelaria. É facil de chegar de onibus/metro e tem taxi facil na saida.

Minha experiencia no Alberta foi meio frustrada. Chegamos por volta de meia noite e a casa estava vazia. Demos uma olhada pra conhecer o ambiente e sentamos no andar de cima. Pedimos um petisco mas a cozinha já havia fechado. Então pedimos nosso dinheiro de volta e fomos comer no Yoi, o restaurante japonês que fica ao lado.
A decoração e som são muito legais. Fomos bem atendidos pelos recepcionistas e garçons. Todos muito atenciosos.
Contudo, terei que voltar. Pois meus amigos falam muito bem da casa e preciso conferir.

O que mais me decepcionou no Alberta foi o atendimento de mau gosto que o barman que fica no térreo nos deu. Desde o início ele tratou eu e minha amiga com mau humor e muita má vontade, sem motivo nenhum. Depois o vi sendo simpático com outras pessoas e outra amiga minha. O dia que eu fui era sexta-feira. A casa não estava cheia e os barmans não estavam sobrecarregados no horário que eu estava.
A música é ok mas a pista de dança é bem pequena.
Para mim, o atendimento conta muito para eu frequentar um lugar. Eu tinha ido uma outra vez ao Alberta há alguns anos atrás e acho que não lembro de ter havido problema com o atendimento. Mas depois dessa vez, não volto mais.

É a definição de um lugar Cool e rock n' roll. Localizado na esquina da Consolação com a São Luis (do lado da Royal Club), a casa foi inaugurada em 2010, e é toda trabalhada no Bob Dylan, que lançou duas canções chamadas “Alberta #1” e “Alberta #2” dai o Alberta3#, que o nome da casa.

Hoje eles contam com um restaurante também chamado Ramona, que eu não vejo a hora de conhecer, mas a resenha de lá vem depois;)

Na maioria dos dias antes das 22h a entrada é franca, depois disso passam a cobrar algo em torno de R$20 M e R$30 H. A casa tem dois andares muito bem decorados e com o espaço pequeno porém bem dividido. Na ultima vez em que fui pedi por uma porção de nachos;) não me lembro o preço mas era muito boa.

Lá esta sempre cheio de gente interessante, então se tiver sem nada no dia vale a visita;)

Volto sempre e Recomendo;)

Muito bom para ouvir um pouco de música enquanto se diverte com seus amigos ou namorado. Recomendo àqueles que curtem o bom e velho Rock 'n' Roll e procuram um local para tomar bons drinques e depois curtir uma baladinha.
Concordo com alguns comentários aqui sobre os preços dos drinques. Se tivessem um preço mais em conta, consumo e lucro seriam maiores.

Fiz meu último Happy Hour (que virou balada) de aniversário aí. Já conhecia o lugar para festas, mas não para happy hour.

Saímos do trabalho e fomos direto para o local. "Abrimos" o bar às 19hs, então pegamos os melhores lugares na frente do bar, no segundo andar. O local é estreito mas extremamente confortável e agradável, com excelente trilha sonora (no geral, anos 80). As bebidas são excelentes (ganhei duas de cortesias, o Alberta e o Fuck Yeah, que fez sucesso de tão bom), a carta de cervejas também é muito boa. Excelente público. Levando em consideração os valores e a localização, é um ótimo lugar para fazer um happy hour diferente.

Ah sim, claro. Depois das 22hs a pista abre e começa a cobrar valor de entrada, mas quem já estava não paga.

via iPhone

Lugar com três andares, porém pequeno. 35$ (entrada) 80$ (consumação). Os drinks sao caros, vale mais a pena pegar consumação e so da pra uns 03 drinks..
Fui lá sábado. Cheguei 02Am. Pista cheia. Rolou desde Spice Girls ate Macarena, passando por Pulp e Mariah Carey. Não entendi qual a do dj. Quase gls.
Exibindo 14 opiniões | Total de 28 opiniões
Você conhece o Alberta #3? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: