Sobaria Cozinha Sul Matogrossense

nota 3.3 de 5 em 29 opiniões
|

Restaurantes Brasileiro

| Rank: 80º de 417
Sobaria Cozinha Sul Matogrossense
Mais na região Como chegar

Endereço: rua aurea , 343 - Vila Mariana, Vila Mariana - São Paulo , SP - Brasil

Telefone: 11 5084-8014

Preço: $$$$  (De R$51 até R$100)

O Sobaria é um restaurante que oferece o melhor da cozinha sul matogrossense. Em um ambiente aconchegante, com bancos de madeira e decoração rústica, funciona em um prédio pequeno com ares de boteco. O sobá é um dos destaques da casa e é servido com a carne de porco, mas também com camarão. O cardápio é extenso, com a linguiça de Maracaju, costelas de pacu, entre outros. Dica: prove a mandioca cozida com shoyo e gengibre no sobá.

Oferta

Quer receber ofertas do(a) Sobaria Cozinha Sul Matogrossense?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos.

Cadastre-se grátis agora
Conheça também Patrocinado
Promova seu negócio no Kekanto e deixe-o em destaque entre milhares de estabelecimentos.
saiba como
CARCAMANO ITAIM Almoço executivo por apenas R$29.90! Venha provar! Pizzaria Tonelli Frango Frito A melhor pizzaria do Campo Limpo!
Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opiniões dos consumidores

via iPhone

Especialista em Restaurantes Brasileiros com 34 opiniões

Sentamos na varanda, que é bem mais agradável do que na parte interna, pois havia um cheiro forte de álcool e é meio abafado.
Pedimos um mix no rechaud, que vem um pouco de linguiça pantaneira, cupim, bananinha, pacuzinho e mandioca cozida. A linguiça é de carne bovina, bem temperada e seca, por ter quase nada de gordura. O cupim foi cozido e tostado na chapa, sem tempero. A bananinha é aquela parte lateral do contra filé, que tem gordura e nervo, porém saborosa, mas pouquíssima carne decente. O pacuzinho é uma outra parte da carne, parece uma parte da fraldinha, dada as fibras horizontais bem perceptíveis. 79 reais, para duas pessoas, acompanha arroz, farofa e vinagrete.
Pedimos uma porçâo de mandiopan, 16 reais. Um suco, 6,80 e uma cerveja Heineken 600ml, 9,80.
Achei tudo razoável, nada que pudesse recomendar.
O restaurante fica em um sobrado próximo a Joaquim Távora, é pequeno, tem algumas mesas externas, o ambiente é rústico, chegamos e não tinha ninguém atendendo ou no caixa, até achei que estava fechado, apesar de algumas pessoas sentadas lá fora. Nos acomodamos e depois de alguns minutos o garçom apareceu para atender, pedi um sobá para experimentar, uma porção de mandioca e um pintado ao urucum, ele não anotou e nem ao menos perguntou se iríamos beber alguma coisa. Por vezes ele ia lá pra dentro e demorava alguns minutos para voltar, e o pessoal lá fora aguardando...

Para não dizer que é implicância minha, ouvi um grupo de mulheres reclamando de pedidos trocados, e na mesa ao lado da nossa uma mulher cansou de esperar, pediu para embrulhar o pedido enquanto ela foi fazer outras coisas e depois voltou pra pegar. Gente, um atendimento ruim pode acabar com a experiência de um lugar por mais que a comida seja boa! Sobre a comida, eu gostei do sobá e o pintado não era lá aquelas coisas, mas pretendo voltar para experimentar outros pratos elogiados. A mandioca? Ah, ela não veio, o garçom esqueceu, já que não tinha anotado os pedidos.

Ah, eu avisei na chegada que era reserva do Grubster, mas, claro, o desconto não veio aplicado, foi necessário refazer, e tome chá de cadeira... é uma pena.

Especialista em Restaurantes Brasileiros com 22 opiniões

Realmente o soba se popularizou em Campo Grande, graças a sua enorme colonia japonesa de origem das ilhas de Okinawa, e caiu no gosto popular dos cidadãos que tem uma praça que este prato é oferecido em muitas barracas, tornando-se (incrível) prato regional.
Como sou descendente de japoneses, o paladar não agradou, como dito em muitas resenhas aqui publicadas, o melhor são as linguiças e carnes como a costela bovina são boas escolhas.
A parceria com o vizinho sorvetes Frutos do Brasil, oferecem o sorvete assado, que é uma sobremesa muito curiosa: pão-de-ló, salada de frutas da época, sorvete a escolher e marshmallow levados ao forno.
"Fachada"
Fui dois domingos seguidos e super recomendo!

Ambiente rústico (cadeiras não muito confortáveis, mas há de se ter paciência), com um senhorzinho tocando um violãozinho baixo, com Chico, Djavan, Almir Sater.

A cozinha é do Mato Grosso do Sul e o cardápio tem sobás (macarrão de trigo sarraceno, típico do Japão, e pelo jeito do MS tbm - ao menos os donos do restaurante disseram que tem muito japonês no MS e eles comem isso adoidado) e opções de carnes, petiscos e linguiças.

Na primeira vez fomos de mix de linguiça pantaneira, cupim, pacuzinho e bananinha. A linguiça pataneira é uma mistura de carnes bovinas nobres, não é muito gordurosa, e agrada até quem não é muito fã. O pacuzinho é um corte bovino magro (não confunda com o peixe pacu!) e a bananinha não é fruta mas tbm corte bovino, só que mais gorduroso.

Os escondidinhos também são muito bons, especialmente o de frango com pequi. Nunca tinha provado nada com a fruta, que puxa pro azedo-amargo e dá um toque especial na comida (mas não é todo mundo que gosta). Os pratos acompanham mandioca cozidinha e bem macia.

Tem cervejas normais de garrafa e a Colorado Caium, feita de mandioca, já que o pessoal do MS adora mandioca!

Os sobás são muito bons para dias frios, esquentem até a alma! Vêm com bastante cebolinha, uma omelete em fatias bem finininhas e a carne que você escolher (boi, frango, camarão).

De sobremesa dê um pulo na Frutos do Cerrado, que fica ao lado e é dos mesmos donos, para tomar um picolé de alguma fruta exótica. Lá você pode também comprar a linguiça pantaneira para levar para casa e fazer para os amigos no churrasco de domingo (fizemos em casa e fez muito sucesso!).
Apesar do restaurante ter tirado seu nome do sobá (uma espécie de lamen que, dizem, é super comum no Mato Grosso do Sul), acho que esse deve ser o prato mais fraco da casa. Para mim, o lugar vale pelas linguiças. A de maracaju, feita de carne bovina, é sensacional. A pantaneira e a sertaneja também são ótimas. Todas acompanham vinagrete e mandioca cozida, se bem me lembro. Três dicas: o pão de alho é delicioso e perfeito para começar a comilança; tem tererê, uma espécie de chimarrão gelado (não é todo mundo que gosta - eu adoro); e durante a semana tem almoço executivo, com porções bem fartas a uns R$ 25. Uma chatice: volta e meia tem música ao vivo, do tipo músicas do Djavan na voz e violão.
Exibindo de 1 a 7
Total de opiniões: 33
Você conhece o Sobaria Cozinha Sul Matogrossense? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Quais hotéis em São Paulo estão promoção? Ver hotéis
Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: