Pizzaria Dom Bosco
Mais na região Como chegar

Endereço CLS 107 Bl D s/n lj, 20 - Asa Sul, Brasília , DF - Brasil - 70347-530

Telefone 61 3443-... Clique para ver

Preço por pessoa $$$$  (Até R$25)

Tradicional em Brasília oferece, desde 1960, apenas um sabor de pizza: mussarela. Não tem mesas e os pedaços são servidos com guardanapo no balcão.

Dicas Ver todas as dicas
Já foi nesse lugar? Compartilhe sua experiência! Escrever opinião
Opiniões
Uma pizzaria de tradição em Brasilia, não sei ao certo a data de inauguração mas com certeza esta conosco a muito tempo.

A loja em sí não é muito espaçosa e provavelmente você terá que comer em pé. O atendimento funciona apenas no balcão então mesmo que esteja sentado você terá que se levantar.

As pizzas são bem tradicionais e com pouquíssimas variações, algumas filiais da marca possuem uma diversidade maior enquanto outras apenas a tradicional mussarela. O grande "tchan" do local é a praticidade e o preço que fazem o sistema de fatias compensarem, porem você pode pedir a pizza inteira também, tanto para comer no local quanto para levar para casa.

Apesar da tradição confesso que não sou muito fã deste local, a massa é excelente porem os contras são maiores e acho q existem lugares melhores nesse segmento de pizzas em fatias.
BRASÍLIA - A história de Brasília se confunde com a da pizzaria Dom Bosco, inaugurada em abril de 1960. Proprietário da loja desde 1968, Enildo Veríssimo Gomes, de 64 anos, conta que a Dom Bosco é o único estabelecimento que se manteve em funcionamento na quadra comercial 107 sul desde a inauguração da capital.
O lugar é pequeno e a pizza - a mais tradicional da cidade - é saboreada pelos clientes em pé no balcão. Segundo Enildo, essa é uma tradição que vem dos tempos da construção da cidade. Depois da inauguração, ainda havia muitas obras espalhadas por todo o plano piloto.
- No início de Brasília, ninguém tinha tempo para sentar e comer. A saída era pegar algo em pé no balcão e voltar logo para a obra. A cidade tinha que ficar pronta logo e quanto mais se trabalhava mais se ganhava. Esse hábito acabou ficando na Dom Bosco e nunca mudou - afirma Enildo.
A clientela é fiel. Pela proximidade com a Igreja Nossa Senhora de Fátima, de Athos Bulcão, (um dos principais pontos turísticos da cidade, situada entre as quadras 308 e 307 sul ), o movimento aos domingos é grande. É comum passar pela porta da Dom Bosco e ver os clientes se amontoando na porta e na calçada para pegar uma fatia de pizza e beber mate ou suco de laranja ou caju feitos no local.
- Já estamos na quarta geração de clientes. Tem gente que vem aqui duas ou três vezes por dia. Comem pizza no café da manhã - conta o proprietário, que vende cerca de cem pizzas por dia entre 7h e 23 h.
Para obrigar as crianças a se comportarem na missa da Igreja de Fátima, os pais já alertam: quem não vai à missa não come pizza depois.
- As crianças já entram dizendo, esse cheiro de pizza chega lá na Igreja e mata a gente de fome.
Um dos clientes famosos é o tricampeão de Fórmula 1, Nelson Piquet:
- Ao ganhar um grande prêmio de Mônaco em 1985, ele disse que só o que estava faltando era a pizza da Dom Bosco - conta Enildo com um sorriso no rosto.
Mas também já passaram por lá políticos e artistas criados na cidade, como Maria Paula, Renato Russo e Cássia Eller.
Exibindo de 15 a 28
Total de opiniões: 79
Nota geral Você conhece o Pizzaria Dom Bosco? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe o app grátis Veja mais