PARIS 6
Mais na região Como chegar

Endereço Rua Haddock Lobo, 1240, Jardim Paulista - São Paulo , SP - Brasil - 01414-002

Telefone (11) 308... Clique para ver

Preço por pessoa $$$$  (De R$51 até R$100)

Um bistrô parisiense em plena São Paulo.

Cardápio temático, decoração acolhedora, o lugar ideal para trazer os amigos e família.

Promoção

Sobremesa cortesia para aniversariante.

Dicas Ver todas as dicas
Já foi nesse lugar? Compartilhe sua experiência! Escrever opinião
Opiniões
Sou filha de um chef de cozinha aficcionado pela culinária francesa. Cresci em meio as cassarolas, ervas aromáticas, vendo meu pai elaborar receitas. Eu nem tinha tamanho ainda e ele já resmungava quando minha mãe não fazia uma omelete à altura, dizia: “Omelete é assunto sério, saiba que é teste eliminatório nas grandes escolas de gastronomia. Igual vestibular, se não souber fazer está desclassificado!”, portanto conseguir meu certificado de qualidade é uma tarefa árdua!

O Paris 6 tem um ambiente charmoso, bem frequentado com um atendimento impecável. Fomos servidos pelo garçom Edson, que entre outras informações nos disse que as filas na porta surgem em horários nada convecionais. “A casa sempre está cheia”.

Sua decoração típica, nos leva diretamente para Paris, cada prato homenageia alguém, mas não AINDA reles mortais como nós. Dentre os famosos tem Cassoulet de Carnad a Ministro Orlando Silva, Steak Tartare Brasserie Lip a Deborah Seco, Entrecôte A Ancienne a Pitty Leone.

O menu vai desde o café da manhã até o jantar e para os apreciadores da uma boa culinária francesa, opções não faltam. Após a entrada com carpaccio de Bouef a Guilherme e Santiago (R$25,00) experimentei o Entrecôte Bearnaise a Ronnie Von (contra filé ao molho bernaise e fritas, R$45,00) e meu namorado seguiu de Medaillons Bourguignons a Dalton Vigh (medalhões de filet mignon ao molho de vinho tinto, bacon e batata gratinada, R$55,00). Os pratos estavam deliciosos, um salve para o chef que conseguiu uma sutileza incrível na combinação dos ingredientes, nada sobressai, todos tem sua vez, devido ao equilíbrio das receitas. Bem diferente daqueles pratos pesados carregados de creme de leite, manteiga e queijos.

De sobremesa a dupla Creme brullé a Maria Gadu (divino, R$17,00) que estava divino e Profiteroles a Amanda Françoso (R$16,00) que meu namorado deixou quase que inteiro no prato e eu ao experimentar reprovei totalmente. massa muito pesada, parecia que estava crua e tinha menos chocolate do que esperava.

Uma iniciativa digna de aplausos é o apoio cultural, se você for assistir a uma das peças indicadas pelo Paris 6, basta trocar o ingresso por uma garrafa de vinho da casa. Mais um bom motivo para ir ao teatro não acham?

Outro ponto a ser ressaltado é que por ser tão badalado, com a presença habitual de artistas, estar localizado em plena Haddock Lobo, o bistrô não é nada afetado e tem sugestões de pratos para todos os bolsos.

Do primeiro ao último ato o espetáculo fechou as cortinas com o merecido aplauso. Com certeza, viramos habitué!
Grande variedade de pratos, que agradam a todos os gostos. carnes, massas, crepes, hambúrgueres etc. O preço dos pratos principais fica entre 40 e 80 (frutos do mar), e acho justo pelo sabor e apresentação.
As sobremesas são um capítulo a parte. São muitas opções, todas bonitas, bem servidas, de dar água na boca. O creme brulée de brigadeiro com doce de leite caseiro e picolé de doce de leite é muito gostoso. Aliás, é difícil achar sobremesas de brigadeiro com gosto do doce de panela, e essa tem. Vale a pena. Viciei nesse restaurante.
Li algumas reclamações sobre o atendimento, mas acredito que os garçons tenham postura mais "afastada" dos clientes porque a casa está sempre cheia. Para mim, o único problema do Paris 6 é mesmo a fila de espera. Num domingo a tarde fiquei 1h30 esperando por uma mesa para dois. Os melhores horários são entre 12h e 13h e 17h e 18h (às vezes antes das 19h ainda está tranquilo, mas já fica mais concorrido).
Ambiente lindo e bem badalado, fator que pode ser bom ou ruim, dependendo do que você busca. É bom ir preparado para esperar bastante, pois mesmo sendo 24 horas, o local está sempre bem lotado e a fila tende a ser bastante desorganizada.

Para mim, o grande problema é esse, a longa espera. Não é difícil estar lá fora esperando por mais de uma hora e, de repente, ver um famoso chegar e sentar confortavelmente, sem esperar um minuto sequer.

A comida eu classifico como regular, por isso, talvez, não justifique o martírio da espera, mas as sobremesas são fantásticas e uma bela experiência para nossos olhos e paladar. Por isso, para os doceiros, vale a pena conhecer.
Depois de muito tempo querendo conhecer o tão falado estabelecimento, surgiu a oportunidade para comemorar o aniversário da minha esposa.

O lugar é bem pequeno, mas aconchegante, não consegui contar, mas acho que tem no máximo 20 mesas.

Não sei se foi sorte, mas chegamos por volta das 20:30 em uma terça-feira e conseguimos lugares muito rápido, furando uma longa fila, por conta de sermos os únicos que necessitavam apenas de 2 lugares.

Experimentei os medalhões de filé ao molho gorgonzola e batata gratinada (Bruno Mazzeo) e minha esposa pediu nhoque recheado de brie gratinado aos 4 queijos (Marina Ruy Barbosa) . Os 2 pratos estavam fantásticos, tanto no sabor quanto na apresentação e, apesar do conceito da culinária ser francês, ambos muito bem servidos.

A carta de vinhos é excelente, mas falta uma carta de cervejas boa, porque o lugar disponibiliza poucos rótulos, o que acaba frustrando os apreciadores da boa bebida. As únicas opções que chamaram atenção foram as Leffes (Blond e Brune) e a Franziskaner Hefe-Weissbier (ótima opção de trigo).

O atendimento foi excelente, do início ao fim e, para o aniversariante, eles oferecem um mimo, a famosa sobremesa Crème brûlée de Nutella com picolé de chocolate e morango. Claro, tem que apresentar o documento para comprovar.

A conta ficou em aproximadamente R$240, incluindo os 10%. Achei os preços condizentes com a fama e qualidade dos pratos, o que me assustou foi o preço do serviço de valet, que cobra R$25.
Um dos melhores restaurantes de São Paulo. Garçons espetaculares! Recomendo ir de manhã e tomar o café da manhã completíssimo, com direito a vários doces da culinária francesa. Entre eles o meu preferido: macaron!
O bistrô francês serve todos os dias o café da manhã das 8h as 11h, exceto sábado, domingo e feriados, onde o horário se estende até o 12h. É composto de mini croque monsieur, mini quiche, macaron, brioches, salada de fruta, croissant, tapioca, omeletes e crepes. Há também os mais tradicionais, como pães e frios.

via iPhone

Bom, pra abrir com chave de ouro minha volta ao Kekanto, nada melhor q escrever uma opinião.
Semana do aniversario, merece um lugar especial.
Escolhi este bistro, para jantar com pessoas especiais.

O local é bem aconchegante, porém no dia achei o ar um pouco frio, mas nada que estragasse a ocasião.
Pedimos de entrada canapés de filé mignon com mostarda dijon, e lula a dore com molho tartar, estava uma delicia. Como pra principal fui d "Jessica Alves" gostei, mas não achei nada demais.
Provei um pouco do "Rodrigo Faro", na próxima diria "hj sim Faro" ..... Kkkkk
O molho era maravilhoso, pode até ser comum um bife a parmegiana, mas eles deram um toque, delicia.
Para finalizar, a sobremesa, q como jah não cabia muita coisa, dividimos um creme brule com doce de leite, sorvete dileto e mil folhas, estava divino, na próxima com certeza irei para provar uma sobremesa inteira.

Em resumo, o lugar eh muito bem decorado, e os funcionários bem educados e atenciosos. O cardápio eh imenso e dificulta a escolha. Os pratos principais, não achei "ooooo que delicia" e pelo custo benefício, acho q não vale a pena.
As entradas e a SOBREMESA! Hmmmmm essas sim, comeria de novo!
Fator decisivo: Fui comemorar meus 3 anos de namoro, e como os horários do meu companheiro são bem complicados, o fato de o Paris 6 ser 24hs pesou pra caramba na decisão. Restaurantes charmosos temos vários em SP, mas 24hs é difícil. A localização também ajuda muito!

Decoração: charmosa, acolhedora, luzes na medida certa, mesinhas pequenas, mas muito confortáveis. Paredes charmosas... Não tem o que colocar defeito.

Comida: Por eu ser vegetariana minhas opções sempre reduzem drasticamente, mas na primeira vez que fui, fiquei contente em ver um crepe vegetariano acompanhado de batatas rústicas deliciosas por um preço amigável. O crepe em si não era tão saboroso, mas como meu namorado pediu um prato que ele amou, fiquei bem contente com a primeira visita. Na segunda vez que fui comi um risoto de cogumelos esse sim foi para comer de joelhos, estava super saboroso, quentinho e servido em uma panelinha que manteve a temperatura por mais tempo. Tomei o vinho da casa e achei bem ok, nada maravilhoso, mas bem servida, um preço competitivo e gostosinho. A sobremesa... pedi o famoso grand gateau Paloma Bernardi, nada de mais. Normal, a apresentação é bonita, mas o gosto...

Atendimento: Nas duas vezes que fui, não pude reclamar nadica de nada. Todos os garçons foram impecáveis, amigáveis, generosos e sempre de bom humor (dei muita sorte).

Ponto chato: a espera na madrugada. Mas esperar o que de ir em um restaurante super famoso e um dos únicos abertos as 3h da manhã? Não posso ser injusta também.

No geral: gosto de lá, pelo ambiente e para ir em ocasiões especiais vale a pena.

via iPhone

O ambiente é bem decorado, mas achei muito apertado, principalmente as mesas para dois. A porção de comida é muito grande e dá para dividir em dois tranquilamente. Os pratos são bem feitos, mas sinceramente, nada que vc não encontre no outro restaurante do mesmo nível. E o diferencial é sem dúvida as sobremesas. Acho que vale a pena ir só para comer a sobremesa no fim da noite.
Depois de ler milhares de avaliações positivas e ver milhares de fotos que me deixavam com agua na boca finalmente fui conhecer o famoso Paris 6.

Fui umas 15:00h porque imaginei que a fila seria melhor, esperamos uns 20 minutos porque tínhamos 2 bebês, então pegamos a fila preferencial. Ja tínhamos almoçado a um tempinho, fomos mais pela sobremesa, mas acabamos pegando uma batata frita com alecrim que estava uma delícia, e partimos para os doces.

Cada sobremesa tem o nome de um artista famoso, muito legal! Bom eu peguei um crepe com doce de leite e sorvete de creme, meu marido pegou um abacaxi flambado com sorvete de limão, minha cunhada e meu cunhado foram nos mais tradicionais, que tem um picolé dentro de uma tijelinha meu cunhado pegou de doce de leite e minha cunhada de nutella. Saímos planejando o da que vamos voltar kkk
Já ouvi falar muito do Paris 6 (principalmente do grand gateau) e resolvi experimentar. Quando chegamos tava bem cheio, mas não demorou muito a espera. O lugar é muito legal, muito estiloso.
Pedimos direto os pratos principais, eu pedi medalhões de filé ao molho gorgonzola e batata gratin e meu namorado pediu peito de pato em fatias ao molho de frutas vermelhas e purê de batata boroa. Muuuito, mas muito bom mesmo! Os dois pratos. Depois pedimos a sobremesa, eu pedi o grand gateau chocolat ao picolé diletto de chocolate italiano, creme de nutella ao leite condensado e morangos picados com avelãs granulados (coisa de Deus) e meu namorado pediu o grand gateau de kit kat, que é novidade por lá.
Sério, eu gostei muito de lá! Veio tudo ótimo, sem reclamação nenhuma. A comida é muito boa e vem na medida certa, sem exageros. A sobremesa é um caso a parte, uma delícia!
Vale a pena conhecer o lugar.
O lugar é realmente muito bonito, remetendo a bistrôs franceses, com meia luz vindo dos candelabros no teto. A comida também é deliciosa, muito bem feita (um primor!), com tanta opção que se perde facilmente no cardápio.

Na porta, se vê que é super badalado, o lugar do momento: lotado, inclusive nas segundas-feiras, com filas de espera. Portanto, o conselho é chegar antes das 20hs - se quiser um lugar.

Bom, o atendimento, apesar de atencioso, é disperso e é uma dificuldade se locomover no lugar, com tantas mesas e garçons para tão pouco espaço. Ir ao banheiro é uma verdadeira aventura (e os garçons não dão licença, tem-se que abrir caminho na marra, com cuidado para não derrubar qualquer coisa pelas mesas no caminho).

O cardápio poderia ser mais enxuto e simples, pois há opções demais e em cada uma há uma história do porquê aquele prato está no cardápio e misturado a isso, de maneira confusa, do que se trata aquele prato (saber o que tem em cada um é difícil: além do texto todo misturado, a letra é pequena e mal se consegue ler com a baixa luz do ambiente).

Não é lá muito barato, mas não é um absurdo de caro, em vista da comida ser muito gostosa e bem-feita. Ou seja, tem um bom custo-benefício.

Valeu pela comida, mas não muito pela experiência. Talvez eu volte quando estiver um pouco menos "hypado".
Prós: 24h, comida boa (mas não excelente), antedimento simpático, ambiente gostoso
Contras: preço (muitíssimo salgado para o que oferece), cardápio irritante (gigante, com muitas opções de pratos, descrições infinitas que te dá preguiça de ler e pretensioso - quer passar a impressão que todas as sub-celebridades do Brasil são "amigas" do restaurante"), espera (fui cedo e não esperei, mas o pessoal se estapeia para entrar a partir das 19h) e falta de privacidade (mesas muito encostadas umas nas outras).
Não pretendo voltar para jantar, mas como a sobremesa mais famosa (um petit gateau com sorvete) realmente é muito bonita e não provei, um dia volto só por ela.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 209
Nota geral Você conhece o PARIS 6? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe o app grátis Veja mais