Endereço: Rua Bela Cintra, 1709, Jardim Paulista - São Paulo , SP - Brasil

Telefone: (11) 2609-3673

Dentro do conceiro de bar gastronômico, o NOH Bar harmoniza a coquetelaria/mixologia molecular de drinks com a culinária de parrilla a "Sous Vide" com foco em porções para serem compartilhadas.

Seus pratos são servidos em formato de degustação, proporcionando experiências comuns e diversas.

Conheça também Patrocinado
Promova seu negócio no Kekanto e deixe-o em destaque entre milhares de estabelecimentos.
saiba como
BECO 203 Na noite da Augusta, Só o Beco Salva! BECO 203 Na noite da Augusta, Só o Beco Salva! Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo! Vila do Samba A melhor casa de samba de São Paulo!
Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opiniões dos consumidores

Uma amiga estava com um voucher de promoção para este bar e fomos lá conferir. Ele fica em uma região bem animada de SP, e o espaço é bem convidativo. Decoração show e música eletrônica tocando na altura certa: altinha, mas sem atrapalhar a conversa.
O carro chef são os drinks. Há vários e para todos os gostos. Comecei com o menu degutação com Amarula, onde vêm 5 mini drinks preparados com amarula. Um melhor que o outro. Depois fui de um drink que são pedaços de melancia que passaram por um processo em que a água da fruta é trocada por vodka. Ohhhh. Vale a pena experimentar.
Para comer pedimos 2 combos com petiscos diversos. Gostei muito do quadradinho de queijo coalho com tapioca, mas não gostei muito do bolinho de paella, e também achei que pastel de carne e queijo não combina em nada com a casa.

Uma amiga estava com um voucher de promoção para este bar e fomos lá conferir. Ele fica em uma região bem animada de SP, e o espaço é bem convidativo. Decoração show e música eletrônica tocando na altura certa: altinha, mas sem atrapalhar a conversa.
O carro chef são os drinks. Há vários e para todos os gostos. Comecei com o menu degutação com Amarula, onde vêm 5 mini drinks preparados com amarula. Um melhor que o outro. Depois fui de um drink que são pedaços de melancia que passaram por um processo em que a água da fruta é trocada por vodka. Ohhhh. Vale a pena experimentar.
Para comer pedimos 2 combos com petiscos diversos. Gostei muito do quadradinho de queijo coalho com tapioca, mas não gostei muito do bolinho de paella, e também achei que pastel de carne e queijo não combina em nada com a casa.
Foto opinião do Samanta Costelha sobre NOH Bar

via iPhone

Demorou mas finalmente fui conhecer o NOH :)

Muito bonito o ambiente!
Ficamos na parte de baixo que é um pouco mais escuro. O ruim foi só pra ler pq sou meio cega rsrsrs..

Começamos com o Mojito NOH que é bem gostoso!
E o trio de entradas "boteco" só por causa dos dadinhos de tapioca. Confesso que fiquei decepcionada com esses dadinhos, pois fui na expectativa de ser parecido com de outro restaurante que já fui e não chegou nem perto..

Depois pedi um drink que não lembro o nome, mas era com champagne e acho que tinha pêra e limão também, docinho do jeito que eu gosto!
E um prato de capelleti de carne com molho vermelho com cogumelos. Outra decepção.. Massa meio borrachuda (faltou cozinhar um pouco) e o molho muito ácido.

Por fim pedi o churros que vem com três caldas (chocolate, doce de leite e frutas vermelhas). Nada de mais.. E a calda de doce de leite parecia que estava diluída em leite.

Enfim, vá ao bar sem fome pois a comida foi uma grande decepção.
Mas os drinks são bem legais!
Vale a pena conhecer pelos drinks diferentes!
Foto opinião do Mayumi Tanaka sobre NOH Bar

Conheci o Noh ontem (13/08/2013) por ocasião do evento do KK. Já havia ouvido falar de lá, das bebidas diferentes que o estabelecimento tem, o que aguçou minha curiosidade.
Chegamos relativamente cedo e o local ainda não estava muito cheio, o q foi legal para poder reparar na decoração do local.
Achei o local bem aconchegante e o pessoal bem atencioso, mas no geral não gostei muito de lá para "balada". Acredito q seja mais agradável como restaurante, até pq, pelo q vi no cardápio e o q pude experimentar, achei bem atrativo.
Na festa do KK serviram uns bolinhos deliciosos, e o q mais me chamou atenção foi um bolinho de queijo gorgonzola que estava maravilhoso. Fomos presenteados com um mini mojito de melancia "injetável" que não achei grande coisa, já q mal senti o gosto da bebida.
Vou fazer minha resenha em tópicos pra ficar mais fácil de explicar meus argumentos.

1- Bebidas : lindas, super bem apresentáveis, porém, caras e com pouco alcóol. Fiquei observando o barman por um tempo fazendo os drinks e percebi q a quantidade de alcool é mínima. Paga-se mais pelo gelo e pela apresentação da bebida do q por ela mesmo. Tomei um drink de amarulla lindo e super saboroso, parecia mais um milk shake, mas quase não senti a amarulla. Depois pedimos um drink com tekila que já dava pra sentir um pouco mais da bebida. em média o valor das bebidas está R$25.

2- Ambiente: ambientes muito pequenos. A casa estava "vazia" e mesmo assim foi difícil se locomover ali dentro. Todo lugar q parávamos estávamos no meio do caminho, de alguma porta ou passagem. Na parte onde ficam os sofás, muito calor, e na parte onde a banda tocou, bem fresquinho. Muitas escadas, o q mais uma vez me faz pensar na locomoção de pessoas com algum tipo de deficiência física.

3- Banheiros: foi uma decepção. A sorte foi q o evento era fechado e não tinha tanta gente. Mas se a casa estivesse lotada, seria um grande problema. Há apenas 1 banheiro, e quando falo 1 banheiro, não é aquele banheiro grande, com várias "casinhas". Era um banheiro mesmo, então imagino q com a casa cheia, seja um inferno a fila.

4- Atendimento: ok, fomos super bem atendidos e recepcionados.

5- Comidas: estavam maravilhosas, super saborosas, fresquinhas e quentinhas (apesar de um pouco oleosas demais). O cardápio é lindo e dá vontade de experimentar várias coisas. Só não gostei muito do cubo de queijo coalho com tapioca, pois achei doce e não gosto de "salgados doces". O bolinho de bacalhau tbm estava saboroso.

6- Ao fazer check-in no Kekanto você recebe uma mensagem te dando 20% de desconto na conta, porém, quando fomos pagar a conta, avisaram que que o desconto é só a partir da próxima visita e tem dois dias específicos para utilizá-lo q não me lembro se terça e quarta.

No geral eu voltaria lá apenas para usar a "função" restaurante e não para ir a noite pra curtir uma balada. Todos os drinks muito caros e com pouco alcool. Sendo assim, gasta-se fácil uns 150 reais por pessoa para beber bem e comer alguma coisinha, fora a entrada, q no nosso caso não foi cobrado.
Cardápio
"Cardápio"

O NOH foi o escolhido para o evento do KK no mês de agosto. Logo menos vocês entenderão minhas miseráveis duas estrelas.

Logo na entrada, o atendimento foi bom; aliás, neste estabelecimento a única coisa que salva é o atendimento, fui atendida por pessoas muito simpáticas mesmo com a grande quantidade de clientes circulando pelo local.

Os ambientes são variados, tem algo mais reservado, tem espaço para banda e um espaço maior, com mesas e próximo ao bar. O que me deixou irritada é que, mesmo havendo mesas, cadeiras e sofás, a música era alta demais, e era música de balada! Não que eu não curta, mas para conversar era preciso falar alto e bem perto dos amigos para ser ouvida. Definitivamente me senti numa pista de balada com sofás.

Há um cardápio de drinks e um de comidas. O primeiro é grande, bem criativo e ilustrado, e caro! Acho que valem mais pela ornamentação do que pela bebida em si. O segundo, razoável e caro também, mas levando em conta que o carro chefe da casa são os drinks, tudo bem.

Experimentei o drink molecular de melancia, o Mojito NOH. Criativo, gostoso, mas como disse, chama mais atenção pela ornamentação do que pela bebida em si. A Samyra pediu um drink com amarula, se eu não me engano, muito bom, que mais parecia um milk shake. Dos aperitivos o que mais me agradou foi o dadinho de queijo coalho com mel; o bolinho de bacalhau estava mole e praticamente sem bacalhau e o de queijo estava super gorduroso. Nem vi os preços, mas creio que não sejam baratos como todo o resto da casa.

Como alguém mencionou numa resenha, realmente o banheiro é ruim, grande porém só há um masculino e um feminino; considerando o tamanho da casa, são insuficientes. No interior, não apresentava nem um pouco de higiene. Sendo o NOH um ambiente tão requintado, em uma região tão valorizada, peca bastante neste quesito.

Conheci o NOH num dos eventos mensais do Kekanto. Como eu cheguei bem cedo pude conhecer a casa ainda vazia: há vários ambientes e muitos lugares para sentar e tomar uns bons drink com a galera... só não conheci o piso superior.

E mesmo quando o povo começou a chegar eu ainda achei que tinha bastante espaço para sentar ou ficar em pé conversando e fervendo. A decoração é toda étnica e bem bonita, chique e minimalista... O único porém do lugar é apenas 1 banheiro para as trocentas mulheres presentes, inclusive é o mesmo para pessoas com deficiência física... produção, o que é isso??? Definitivamente não dá e repensem essa quantidade, caso contrário um dia acontece um acidente e/ou vexame e vocês serão processados... rs.

Falando sinceramente, achei o drinque cortesia da casa aos kekanteiros muito, mas muito safado: um quadrado de melancia com uma pseudo injeção de algum tipo de álcool em seu interior, o que não significava absolutamente nada, rs. No mais, achei os drinques muitíssimos caros e fiquei na Bohemia long neck: acho que custava 10 mangos... cara também né, vamos combinar...

Todos os petiscos servidos eram bem aprazíveis, exceto aquele quadrado de tapioca meio doce... horroroso para o meu paladar, mas teve gente que pirou o cabeção naquilo... e achei a proposta da fatia do pepino por baixo do bolinho de queijo meio confusa... não sabíamos se era para ser comida ou desprezada. Ah, lembrei: tinha um salgado que parecia uma almôndega com um molho por baixo... a aparência e o aroma não me seduziram nada, pelo contrário... rs.

Fumódromo dentro da própria casa, meio escondidinho... achei alguns ambientes quentes e outros fresquinhos pelo ar condicionado próximo. No geral a casa é boa, mas dificilmente voltaria por vontade própria, a não ser um evento de amigos ou se o Kekanto inventasse outro de novo... hehehe... verdade meu povo, esse que eu fui era o segundo... :-P
Exibindo de 1 a 7
Total de opiniões: 71
Você conhece o NOH Bar? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: