Na Garagem
Mais na região Como chegar

Endereço Rua Benjamin Egas, 301, Pinheiros - São Paulo , SP - Brasil - 05418-030

Telefone (11) 309... Clique para ver

Preço por pessoa $$$$  (De R$26 até R$50)

Uma micro hamburgueria. Esse é o Na Garagem, que traz espaço para apenas 12 pessoas (a maioria do lado de fora). Em um pequeno balcão, os atendentes recebem os pedidos e todos os hambúrgueres são artesanais, feitos na hora. O ambiente rústico agrada aos visitantes. O carro-chefe é o cheese salada.

Dicas Ver todas as dicas
Já foi nesse lugar? Compartilhe sua experiência! Escrever opinião
Opiniões
Depois de muuuuuito tempo da inauguração, finalmente fui conhecer o Na Garagem! Ele fica em uma rua muito gostosinha em Pinheiros, ao lado do colégio Fernão Dias. O local é bem pequeno – afinal, fica em uma garagem mesmo! O banheiro é pequeno, a pia é minúscula (mas muitíssimo bem pensada), há poucos lugares para sentar... não é um lugar para comemorar aniversário com os seus 50 amigos, mas sim para ir em poucas pessoas – ou sozinho – e aproveitar.
A decoração é discreta, mas tem tudo a ver com o local: as paredes possuem algumas ferramentas penduradas e também alguns espelhos, para “aumentar” o estabelecimento.

Estive lá com a minha mãe em uma quarta-feira, perto das 14 h. Apesar do horário, o local estava cheio – mas convenhamos que isso não é assim tão difícil ;)
O estabelecimento possui apenas duas opções de lanche, sendo uma vegetariana. Eu e minha mãe optamos pela opção “carnívora”: hambúrguer de 130 gramas, queijo prato, alface americana, cebola roxa, tomate e um molho feito de cenoura e mandioquinha. Ela adorou, mas eu achei a carne muito sem graça. Todos os outros ingredientes estavam gostosos e fresquinhos, mas a falta de tempero da carne decepcionou muito.
O que salvou a pátria foi a porção de batatas fritas que pedimos. Com casca, primeiro assadas e depois fritas (ou pelo menos é assim que achamos que foram feitas!), elas são de comer rezando! Amamos!

A proposta é legal, o clima é gostoso, o preço é bom (nossa conta deu R$ 49).... mas, sinceramente, não volto. Ou talvez volte, mas apenas pelas batatas!
Desde que eu cheguei em São Paulo que escuto falar bem desse lugar e finalmente conheci! Fui numa quarta-feira às 21h e o movimento estava bem tranquilo. Rapidamente consegui um banco para ficar no balcão.

Escolhi um cheese salada (22$) e adicionei bacon, é uma porção de batata rústica (7$ salvo engano). Achei a batata fantástica! Muito bem temperada, sequinha e crocante. O hambúrguer também excelente! Só achei que podia se mais generoso no queijo e no molho que quase não dava pra sentir. Achei tipo "amostra grátis". No mais, a carne no ponto certo e com sabor incrível!

O lugar é bem pequeno e sem frescura! O mais legal pra quem senta no balcão é que pode prestar atenção no preparo e ver o cuidado e limpeza da equipe.

Pra beber, uma cerveja Ipa da Cervejaria Nacional, a Mula (22$). Um pouco amarga mas ficou bacana com o hambúrguer.
Gostei da proposta do Na Garagem, em relação ao espaço. Realmente está localizado dentro de um lugar parecido a uma garagem. A cozinha fica atrás de um balcão grande, onde você pode sentar-se, pedir seu hamburguer e acompanhar seu pedido. Na parte externa, algumas mesas e cadeiras altas, para tomar uma cervejinha tranquilo caso a fila esteja grande.

O atendimento é bem bacana, e mesmo com a correria eles explicam o conceito do hamburguer e do estabelecimento. E lá você não vai ter dúvidas em que pedir: tem hamburguer veggie e o hamburguer "normal".

Como fui com mais gente, acabamos provando so dois hamburgueres e realmente o tradicional vale à pena. Não curti muito o vegano, porque achei meio sem tempero, sem sal... O tradicional estava bom, com bom ponto da carne - se bem que achei que também merecia um tempero a mais. Achei também o pão muito normal, sem um "tchan".

O veggie custa em torno de R$ 20 e o tradicional uns R$ 18. Acompanha fritas, bem sequinhas e boas.Para beber, tem heineken e sucos prontos (de caixinha). Pelo preço acredito somente que eles deveriam melhorar na qualdiade de seleção de produtos, pois encontro hamburgueres muito melhores pelo mesmo preço. Pelo conceito da loja, acertaram!

via Android

Especialista em Hamburguerias com 16 opiniões

Conheci o Na Garagem no almoço, durante a semana. O lugar é extremamente pequeno. Apenas um corredor com o balcão e algumas mesinhas na frente. Como fica numa rua pequena e pouco movimentada, tinha alguns bancos e mesinhas na calçada, do outro lado rua. Para uma refeição rápida, é ok, mas nada além disso.
A fila não estava tão grande e até fizemos o pedido rápido, mas como já havia muita gente esperando, nossos lanches demoraram para ficar prontos. Experimentei o cheeseburger e pedi uma porção de fritas - aaah as batatinhas! Uma delícia!! O lanche estava bom, mas achei um pouco seco e sem tempero. Os preços são os normais praticados em hamburguerias gourmet.
Fui experimentar o Na Garagem já que tinha muita vontade de comer uma boa hambúrguer.. Logo na entrada dá pra ver que o lugar é pequeno mesmo... nesse dia (na hora do almoço) pegamos uma fila de 15 minutos, não era tão grande (10 pessoas) o problema mesmo foi que o lanche só chegou depois de ~30 minutos.
As opções são: cheese burguer e veggie... eu pedi a chesse sem queijo (haha sei) pessoalmente não gostei muito, parecia que a carne não tinha quase sabor... acho que é por falta de tempero; ela tem uma boa cara mas o fato de não ser o que estava esperando me desanimou um pouco.
Agora, as batatas são muito boas, crocantes super bem temperadas e com o sal perfeito DOWNSIDE- uma porção para uma pessoa só sai por 7 reais!! achei caro para o tamanho.
Esse dia como estava cheio o pessoal colocou umas cadeiras na calçada frente ao local.
Não si se voltarei, mas talvez as batatinhas me façam ir de novo :)
Pequenino, porém cheio de personalidade e porque não um pouco excêntrico, o Na Garagem, é um achado no Bairro de Pinheiros.
Literalmente em uma garagem de prédio, o lugar possui um cardápio peculiar: um hambúrguer de carne (R$ 17) , um vegetariano (R$19), uma batatinha rústica ( R$ 6,50) e cerveja Heineken ( R$ 6,00). Tem Coca-Cola e Água também.
Eles aceitam apenas dinheiro ou cartão de débito e quando acaba a comida, eles fecham, ou seja, se for em algum sábado por lá, verifique de ir cedo, pois vai fechar com certeza antes das 22h.
Eu fui numa terça-feira e pedi um hamburguer mal passado. Estava delicioso. A batatinha rústica vem com alecrim e tive que comer outra, de tão boa que tava.
Eu adorei a simplicidade do local e do atendimento.
E ah! Lá vende café nespresso tbm
Fui nesta hamburgueria há algum tempo atrás, quando tinha acabado de inaugurar. O lugar tem uma fachada bem pequena e discreta. É realmente uma garagem que foi convertida em uma lanchonete, o lugar tem o tamanho pra caber um carro. Tem um balcão que fica na rua também, mas se forem em uma galera muito grande, alguém vai ficar de pé.

Quando fui, não tinha muitas opções. Eram apenas dois hamburguers, o tradicional e um vegano. Também tinha como opção batata frita com alecrim.

Pedi o tradicional, e você pode ver o lanche sendo preparado na hora. Achei o hamburguer bem simples, mas gostoso. Também pedi a batata com alecrim, e achei muito boa, vale a pena. Ao todo, gastei uns R$20.
Olha, eu curti o Na Garagem. Fui quando ainda era novo e estava super tranquilo de conseguir sentar no balcão. Da última vez a fila só para pedir o lanche na hora do almoço já estava pesadinha e os preços subiram. Eles até colocaram umas cadeiras na calçada do outro lado da rua, pois a casa é bem pequena, como o nome já diz, uma garagem. Não é o lugar ideal pra ir em família e sentar em torno da mesa.

As batatas rústicas com alecrim continuam deliciosas! O lanche, que tem a opção vegetariana e de carne, parece a falta um pouquinho de tempero. Mesmo assim é gostoso. Ponto positivo: tem suco de uva integral tinto e branco (adoro!!!!!!).
Uma hamburgueria artesanal diferente de todas que eu já fui. Adorei o espaço, adoro lugares diferentes deste jeito.
Por não ter uma variedade de opções para mim ficou claro que, se gostou das especialidades vai, caso contrário não tente enrolar.
Tanto o hambúrguer vegetariano, quanto o de carne animal são sensacionais, sobre a a batata rústica também posso dizer o mesmo.
Não vejo a hora de voltar!!
E para os que nem sempre se jogam nos pratos vegetarianos, uma experiência com esse hambúrguer não seria uma má opção.

Observação em relação a foto: O copo e o prato são descartáveis, pois no último dia que eu fui estávamos com falta de água em vários lugares de São Paulo.

Especialista em Hamburguerias com 24 opiniões

Como bom hamburgólatra que sou descobri o Na Garagem duas semanas depois da sua inauguração e já levei uma turma pra irmos conferir qualé a do lugar.

O ambiente é o que chama mais atenção da casa, as referências como o nome diz, são automobilísticas, lembra uma garagem em tamanho e os demais objetivos decorativos são referentes a oficinas de carros, como o lugar é minusculo a ideia de exclusivo é boa, ou seja, o lugar vai bombar. Possui um corredor com balcão grudado na chapa, mas o bom exaustor da casa não deixa cheiro nem fumaça no ambiente e uma mesa com alguns bancos de madeira nas extremidades que ficam na área externa, somente! O banheiro é um só e pequeno e o lavabo fica do lado de fora. Apesar de minúsculo faz todo sentido para a proposta da casa,d eve atender umas 20 pessoas ao mesmo tempo e só.

No dia da minha visita eram 3 staffs, dois chapeiros e um gerente multiuso que servia, preparava e cobrava. Nenhum problema aí, pareceram dar conta do recado.

Os sabores são só dois: o clássico, com salada, queijo e carne e o vegie, que é igual ao primeiro mas sem carne e com um burger de feijão preto e demais composto, aí começam os problemas. O veggie custa 19$ e o clássico 17$, as batatas temperadas 3$ o potinho individual.

Para o preço, o burger é gourmet, mas o resultado me deixou a desejar. O lanche é equilibrado, simples, bem composto e organizado (tudo mescla bem entre os sabores e servem sabores que harmonizam entre si valorizando o resultado final, o burger), mas não é um burger mais do que normal. Falta tempero á carne e a versão veggie, do tipo que nem sal resolve, falta gosto mesmo, coisa que o queijo disfarça na versão clássica, mas se sente falta de ter comido quando se termina o prato, que não é dos maiores, é um tamanho mediano, o pão é wickbold, frustante, poderia ser de alguma padaria ao menos, ou de uma receita própria, afinal tudo na casa é e custa o preço de exclusividade, deveriam também avisar que tudo que vai na chapa, bem como o pão, sai de lá tostado, não curto pão tostado, o gosto de queimado e chapado se sobrepõem escondendo as nuances do lanche como um todo, além de na carne deixar tudo com gosto de fogo e não de carne, o mesmo se pode dizer do veggie que só muda o burger em si e é insosso igual.

A batata é simples, tempero simples, preço bom, vale. Servem também cerveja Heineken e sucos de caixinha.

Ok, mas precisa melhorar pra fazer presença como algo realmente completo.
Na garagem é uma pequena hamburgueria adaptada como o próprio nome diz em uma garagem. O lugar é bem pequeno um balcão uma extensão para a rua e acabou. Tem duas opções de hambúrgueres um vegetariano e o x salada normal. O ponto da carne deles é vermelhinho por dentro o que eu adoro. As batatas rusticas são bem saborosas com cascas e temperadas. Tem a opção de batata normal também.
Uma hamburgueria que vale a visita.
É realmente um hamburguer na garagem. O lugar é pequenininho e é bem fácil você passar reto. Eu só reparei na existência por causa de uma placa bem discreta de um hamburguer indicando o local da hamburgueria.

Bem pequeninho, o que faz com que você possa acompanhar de perto a preparação dos hamburgueres. O atendimento é muito bom e, pela preparação que pude presenciar, tomam bastante cuidado com higiene, sempre limpando qualquer sujeirinha na chapa.

Pedi o Hamburguer clássico por R$17,00 e achei gostoso. Poderia ser um pouco maior e com um tempero um pouco mais forte, na minha opinião. vale a pena experimentar a batata com alecrim servida numa xícara. Estilo bem legal e diferente de servir a batata (R$3,00).

Possuem wi-fi aberto.

Ia dar 3 estrelas apenas por causa do hamburguer, mas gostei bastante do que vi lá, limpeza, atenção e um ambiente, apesar de pequeno, bem bonitinho, .
Hamburgueria inaugurada há três semanas em Pinheiros, perto da Fnac. Fica em um lugar que parece uma garagem pequena e no meio de residências, com raros escritórios em uma ruazinha pouco conhecida. Hambúrguer honesto de 130 gramas nas versões tradicional e vegano. Ambos podem vir com molho, queijo, alface e cebola roxa. Pedi um tradicional de R$17, mais uma deliciosa batata frita temperada com alecrim servida em um caneco por R$3 e um refri em lata por R$3, totalizando R$23. Ainda não aceitam tickets, já cartões de créditos débito são tranquilos. Quem não curte refrigerantes pode pedir sucos em caixinha. As opções são apenas essas. Fui com muita fome e a primeira impressão que tive seria que a refeição não seria suficiente. Ledo engano. É possível acompanhar o pessoal fazendo a comida na sua frente e não testemunhei nenhuma falta de cuidado. Creio que com o tempo o Na Garagem irá acrescentar mais opções no seu menu. Para quem está começando, é possível ver que estão no caminho certo. Recomendo.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 35
Você conhece o Na Garagem? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe o app grátis Veja mais