Mercado Central
Mais na região Como chegar

Endereço Av Augusto de Lima , 744 - Centro, Centro - Belo Horizonte , MG - Brasil - 30190-001

Telefone (31) 327... Clique para ver

Dicas Ver todas as dicas
Já foi nesse lugar? Compartilhe sua experiência! Escrever opinião
Opiniões
O mercado é fascinante!
Perco horas namorando a indescritível variedade de miudezas, utilidades, artesanatos e artigos de decoração. Desde sementes, ervas, incensos, temperos..., encontra-se de tudo.
O mercado é point de encontro com amigos, lugar ideal pra se tomar uma gelada. degustar pratos da culinária mineira e prosear.
Há um tempo outro, os preços eram bem mais acessíveis para nós, nativos de BH.
Hoje, famoso, local de passagem obrigatória para turistas, os preços ficaram um pouco salgados, mas ainda assim vale a pena passear pelo mercado.
Definitivamente, o prédio que abriga o histórico Mercado Central não é bonito. Mas esse é um detalhe irrelevante de uma das principais referências para os belo-horizontinos. Para os turistas, visitar o Mercado é um programa obrigatório. Ali você encontra uma infinidade de produtos alimentícios (frutas, carnes, queijos, ervas, hortaliças etc.), além de artigos para o lar, embalagens, animais domésticos etc. O público que percorre os corredores é bem heterogêneo em termos de classes sociais e idades.
Um grande costume dos frequentadores é beber cerveja e comer um bife ou fígado acebolado nos bares que são apenas balcões - fica todo mundo em pé conversando sobre futebol, política etc. Há também alguns restaurantes, como o Casa Cheia (recomendo, mas é preciso chegar muito cedo).
Os preços não são mais baixos que os de outros lugares. Mas o que importa é vivenciar a experiência de estar no Mercado Central.
No piso superior, está o estacionamento, que não é muito grande para o público que o Mercado comporta. É bem complicado conseguir uma vaga lá nos finais de semana. O melhor mesmo é deixar o carro em casa.
Um fato lamentável é que muitas bancas antigas, por desinteresse das novas gerações de proprietários ou sabe-se lá o por quê, estão aos poucos desaparecendo e dando lugar a lojas de suplementos, eletrodomésticos e outras que NADA têm a ver com a proposta do Mercado.
O Mercado Central, localizado na área central de Belo Horizonte, é um estabelecimento bem amplo com diversas lojas, de diferentes especificações.

Lá encontramos vendas de queijos, de todos os tipos que você imaginar, amendoins, tira gostos diversos, tem lojas de cervejas artesanais e de outras bebidas. Encontramos também doces, mel, produtos naturais para emagrecimento, dentre outros.

Lá também tem um ambiente de algumas lojas, com animais para vendas (cachorros de várias raças, gatos, galinhas, pássaros, etc), e produtos de pet shop.

Tem um corredor estreito com dois barzinhos, que fica super movimentado, principalmente nos finais de semana. Os atendentes ficam gritando e "chamando" o pessoal para tomar umas no estabelecimento. Vale a pena tomar umas e pedir uma porção de fígado acebolado com jiló.

Os preços no Mercado Central não são dos mais baixos, mas realmente depende de qual produto você irá comprar.
Pode se dizer que o Mercado Central é um ponto turístico de Belo Horizonte.
Com uma imensa variedade de produtos, um bom mineiro que se preze, ja passou um bom tempo no Mercado..seja pra uma compra, uma cervejinha, uma proza.

O Mercado fica situado em um lugar de fácil acesso, bem próximo a praça Raul Soares.
Final de semana é um ótimo ponto de encontro pra uma cervejinha gelada, em pé no balcão do bar -DICA: Chegue cedo no fds!

Ótimo lugar para comprar pimenta...uma variedade tremenda.
Tem também muito artesanato e vez ou outra tem show de artistas da região.

Um ponto negativo, é o preço do estacionamento, muito caro, em torno de R$17,00 (alguns dizem que ja aumentou pra R$22,00)
Uma dica é estacionar o carro atras do Minas Centro...sempre tem vaga.
Um cheiro típico do interior de Minas, que mistura temperos diversos, frutas, animais (que sou contra a comercialização, acho um desrespeito com os animais) e o artesanato é fantástico, trazendo um clima agradável.

Ótimo local para se passear sem compromisso.

É obrigatório experimentar o fígado com jiló, excelente acompanhamento para quem quer tomar uma cerveja. Se você não comer, vão dizer que vê não foi ao mercado!!

É um ótima pedida levar o pessoal de fora para conhecer um pouco da nossa cultura e tradição mineira...

Vale demais a pena sô!

Ponto fraco é o estacionamento que fica cheio e o valor é caro se ficar muito tempo no mercado.
Melhor ir sem carro nos dias de semana, pois o estacionamento é pago e, como fica no centro, não há lugar para estacionar na rua.
Todas as cidades que conheço procuro conhecer também o Mercado Municipal... e BH não foi diferente: tirei uma manhã para fazer incursões no local.
A primeira impressão? Pensei que fosse um pouco maior... achei meio desorganizado... sei lá...
Mas, os produtos oferecidos deixam saudades... os doces mineiros... as linguiças... conservas... artesanato... uma delícia....
Os preços são razoáveis, como os de outros Mercados.
Almocei num bom restaurante uma comidinha mineira: simples e bem preparada. Bem gostosa.
Não de
Todas as cidades que conheço procuro conhecer também o Mercado Municipal... e BH não foi diferente: tirei uma manhã para fazer incursões no local.
A primeira impressão? Pensei que fosse um pouco maior... achei meio desorganizado... sei lá...
Mas, os produtos oferecidos deixam saudades... os doces mineiros... as linguiças... conservas... artesanato... uma delícia....
Os preços são razoáveis, como os de outros Mercados.
Almocei num bom restaurante uma comidinha mineira: simples e bem preparada. Bem gostosa.
Não de
Todas as cidades que conheço procuro conhecer também o Mercado Municipal... e BH não foi diferente: tirei uma manhã para fazer incursões no local.
A primeira impressão? Pensei que fosse um pouco maior... achei meio desorganizado... sei lá...
Mas, os produtos oferecidos deixam saudades... os doces mineiros... as linguiças... conservas... artesanato... uma delícia....
Os preços são razoáveis, como os de outros Mercados.
Almocei num bom restaurante uma comidinha mineira: simples e bem preparada. Bem gostosa.
Não deixe de conhecer!
O Mercado Central é daqueles lugares que você vai, volta e volta de novo porquê sempre há algo pra ver, fazer e comer.
Logo ao entrar é possível sentir o cheiro de frutas, temperos, queijo e comida boa das diversas bancas espalhadas em seu grande espaço onde é possível comprar quase tudo.

Se você não é de MG, compre queijo, doce de leite e outras iguarias para levar para casa e depois tome uma cerveja gelada no Mané Doido com o bom e velho chouriço com carne de porco e jiló.
Pode apostar que será um dia muito divertido e que você vai querer repetir outras vezes (se você sobreviver...rss).

Não deixe de experimentar as iguarias do Casa Cheia e se estiver de carro pare na parte de fora onde as vagas são maiores e muito mais fáceis de entrar e sair. Em volta do mercado há vários estacionamentos, sendo o da rua Curitiba o melhor na minha opinião.
É um dos pontos turístico de BH abriga tudo que se pode imaginar que exista nesta vida e um pouco mais, encontra-se animais, ervas, ingredientes difíceis de encontrar para fazer uma receita, bebidas, queijos, frutas fora da estaçao, enfim, é um refugio mineiro, alem dos bares bacanas, o meu favorito é o Casa cheia, um bar tipico que ja ganhou alguns prêmios no comida de boteco (evento popular em minas) .
O que falar desse lugar onde ja almocei muitas vezes quando era estagiária a grana tava pouca..comia um tropeiro muito bom e barato no rei da empada...agora oque eu gosto muito mesmo é o figado com jiló.. O que tenho percebido no mercado ultimamente e o aumento dos preços, e ficando cada vez mais complicado de se frequentar.. Frutas e legumes tem o preço muito mais altos que diversos sacolões.. Enfim lá vc encontra de tudo,comida, artesanato, bebidas, especiarias.. Etc
Quem é de BH ou visita a capital mineira deve visitar o Mercado Central. Um dos mais variados do país, ele tem de tudo, de animais a verduras e frutas. Um dos grandes diferenciais são os bares, alguns onde os consumidores ficam próximos aos balcões e são disputados para beber uma cerveja gelada e saborear a porção mais famosa do Mercado: fígado com jiló. O que precisa melhorar é o preço. Os alimentos têm o valor "salgado".
Programa imperdível em BH, seja para tomar uma cervejinha ou para fazer as compras de souvenirs, queijos, doces de leite, cachaças e todas as delícias mineiras. Funciona todos os dias a partir das 7hs (aos domingos fecha mais cedo, às 13hs, ao invés de 18hs). Possui um estacionamento (caro) em frente, mas é possível chegar de ônibus, já que fica no Centro.
O Mercado Central é fantástico, não tem como não visitá-lo, seja turista ou morador local. É um paraíso para comprar produtos típicos, verduras e frutas de ótima qualidade, e para se divertir também. Tenho tantas lojas favoritas no mercado que é até difícil enumerar. É maravilhoso passar um bom tempo passeando pelos corredores para encontrar novas lojas. Sempre que vou dou uma passadinha na loja D´Hana para comprar comida árabe, passo no setor de artesanato que é maravilhoso e sempre tem produtos fantásticos, e para fechar as compras como uma empada com catupiry fantástica, a melhor que há, em uma loja do lado de uma lojinha que vende legumes picadinhos e conservas de dar água na boca.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 535
Você conhece o Mercado Central? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe o app grátis Veja mais