Endereço: Rua dos Pinheiros, 254, Pinheiros - São Paulo , SP - Brasil - 05422-000

Telefone: (11) 2359-8141

Preço: $$$$  (De R$51 até R$100)

Inaugurado em 2009, o Le Jazz é um restaurante de culinária francesa, situado em Pinheiros, com ótimo custo-benefício para a categoria. A casa tem um clima agradável e conta ambiente externo. Além dos pratos quentes, o cardápio possui sanduiches e quiches. A casa oferece água em jarra como cortesia. Boa carta de vinhos.

Conheça também Patrocinado
Promova seu negócio no Kekanto e deixe-o em destaque entre milhares de estabelecimentos.
saiba como
ESTEIO GRILL Mantendo acesa a sua paixão pelo churrasco! ESTEIO GRILL Mantendo acesa a sua paixão pelo churrasco! Pizzaria Tonelli Frango Frito A melhor pizzaria do Campo Limpo! Pizzaria Tonelli Frango Frito A melhor pizzaria do Campo Limpo!
Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opiniões dos consumidores

Sempre escutei minha mãe dizer que queria muito ir ao Le Jazz, mas ele sempre estava muito cheio. Mas ontem finalmente conseguimos: numa segunda-feira, lá pelas 12h30, conseguimos uma mesinha para 2 pessoas do lado de fora (para mesa do lado de dentro, teríamos que esperar uns 20-30 minutos).

O lugar é uma gracinha, e hoje posso dizer que realmente tem cara de restaurante francês. Ambiente pequeno, mesas apertadinhas, dessas em que você não privacidade nenhuma – a mesa ao lado com certeza escutará a sua conversa. Mas isso só aumenta o charme do lugar, que ganha ainda mais ares europeus pela quantidade de outras línguas que é possível escutar lá dentro ;)

O cardápio não é muito extenso, mas traz várias opções interessantes. Os pratos principais variam entre R$ 33 e algo perto de R$ 50, até onde posso me recordar. O couvert, composto apenas de pão, manteiga e azeite, sai R$ 7 – mas o pão é muito gostoso, e a manteiga também! Acredito que o preço totalmente vale a pena.

De prato principal, nós duas fomos de Hachis Parmentier: um gratinado de rabada desfiada coberta com purê de batatas e crostas de pão, que acompanha salada verde e picles de pepino (R$ 33). É, para todos os efeitos, um escondidinho de rabada. E meu deus, como é bom! As crostas de pão, bem crocantes e espalhadas, dão um toque especial ao já ótimo prato. A salada verde é bem simples e seu tempero é bem suave e gostoso. E, muito importante: a porção é bem servida! Você não sai rolando de lá, mas sai bem satisfeito (e por várias horas).

Acho necessário dizer que o local é um dos (poucos) restaurantes da cidade que oferece água de cortesia, numa jarrinha bonitinha ;) Só achei estranho que eu tive que pedir por ela quando o garçom perguntou o que gostaríamos de beber. Me pareceu um pouco desonesto ele não ter mencionado a cortesia, sei lá (ou vai ver é só o meu espírito pobre falando).

A nossa única tristeza foi sentar na mesa que fica bem ao lado da porta. Às vezes ela bate e dá a sensação de que tudo vai cair na sua cabeça – de a sua mesa estiver encostada na porta, ela até treme. A sensação não é das melhores, mas dá para relevar, especialmente quando você desencosta a mesa da porta.

Há apenas um toalete feminino (e acho que só um masculino também), mas isso não chega a ser um problema num restaurante que comporta só umas 40 pessoas. Fica nos fundos e estava bem limpo quando fui.

Enfim: tive uma ótima experiência lá! Gastamos R$ 88 para duas pessoas e saímos satisfeitas e felizes. Recomendo a ida – especialmente lá pelas 14h, quando já há mais mesas disponíveis! ;)

Na França Brasserie é um restaurante de ambiente descontraído que serve pratos simples, no Brasil é um lugar "elegante" que serve pratos "sofisticados" essa básica inversão de valores já diz muito sobre os preços, a frequência e o custo-benefício do Le Jazz, nome que aliás é seguido à risca até as últimas consequências, e por isso quero dizer que até no banheiro você ouvirá Jazz num alto e onipresente volume.

O atendimento é muito bom, eficiente, educado, mas um tanto impessoal. A casa tem decoração boa, ambiente externo com mesas e um banco de espera (plus aquecedores pras noites de frio), dentro, sofás e cadeiras no salão junto à cozinha e corredores para o banheiro, tudo no tamanho certo para ser atendido com conforto e manter o certo charme da ambientação.

A carta de vinhos é boa e tem opções de todos os preços, entretanto na minha visita a casa não tinha 4 dos vinhos que tentei escolher (de 60$ a 120$), O esquema da cozinha é pedir do menu ou o prato do dia, a faixa vai de 30$ a 50$.

Comi uma língua assada com purê e alcaparras e um pato com purê, o pato ganhou a disputa tanto em sabor quanto em quantidade, as línguas eram pouco trabalhadas e numa porção menor do que a dos demais pratos, o purê entretanto foi o best buy entre os comes da noite.

Vá preparado para as filas ou arrisque a sorte numa noite fria de dia de semana, para ambos os casos, favor regar com vinho.
Foto opinião do Allan Gonçalves sobre Le Jazz - Brasserie

Charmoso, pequeno, movimentado e bem localizado! Este restaurante é um dos points da região e para conseguir uma mesa precisa chegar cedo, de preferência antes das 12h30 para almoçar no final de semana.

Fui conhecer o local em um domingo cedo e o público é em geral são casais mais velhos que vem comer bela culinária francesa e tomar um vinho. Gostei muito do cardápio que tem opções de frutos do mar, carnes, aves e tartares.

De entrada pedimos um camembert com mel e torrada, que é tão forte como o brie e para quem gosta de queijo. Experimentei o Tartar de filé com salada e estava bom! A porção é suficiente para um almoço.

Adoro o Le Jazz. O ambiente é ótimo e a comida é excelente. É o meu restaurante certeiro em São Paulo - onde sei que aproveitarei e sairei satisfeita. A única coisa que me impede de ir mais vezes é a fila de espera - vive cheio! - e como na mesma há diversas outras opções, acabo indo para outro restaurante quando a espera ultrapassa os 45 minutos.
Recomendo sempre a lula a carbonara - sempre deliciosa e cremosa. O pato é uma ótima pedida, sempre no ponto certo. As carnes são super macias, mas é melhor pedir mal passada, já que o ao ponto da casa é um tantinho seca. De sobremesa, não tem como escapar: rabanadas recheadas com frutas vermelhas e sorvete de baunilha.

via Android

Atendimento e comida excelente. Preciso voltar o quanto antes. Pedi um prato maravilhoso de filé mignon ao molho de mostarda, tutano de boi de entrada, que estava muito suculento. Ambiente aconchegante e rústico. Porém o lugar é bem pequeno e você acaba tendo que esperar por uma mesa.
Foto opinião do Juliana Reyes sobre Le Jazz - Brasserie

via Android

Duas palavras: brie empanado.
Nao ha nenhum meio para descrever melhor este lugar. A entrada eh de comer de joelhos. Pratos tipicos da franca a parte, q sao bons e valem a pena, essa entrada vale a aventura mesmo q vcs nao queiram jantar la depois. Come isso e bebe um vinho: a noite esta ganha.
Exibindo de 1 a 7
Total de opiniões: 40
Você conhece o Le Jazz - Brasserie? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: