Rong He - Liberdade
Mais na região Como chegar

Endereço Rua da Glória, 622, Liberdade - São Paulo , SP - Brasil

Telefone 11 3208-... Clique para ver

Preço por pessoa $$$$  (De R$26 até R$50)

Dicas Ver todas as dicas
Já foi nesse lugar? Compartilhe sua experiência! Escrever opinião
Opiniões
Conheci no evento do yakissoba tour.

Restaurante chinês com ambiente bem simples e tradicional, limpo e familiar.

Atendimento bom, mas um pouco atrapalhado. Os garçons estavam um pouco desatentos.

O yakissoba em si, não achei ruim, mas também não achei excelente. Gostei.
Voltaria caso estivesse na região, acompanhada de amigos e com bastante fome, visto que o atrativo do restaurante são os preços bem baratos e porções bem fartas.
Uma porção de yakissoba que serve tranquilamente 3 ou 4 pessoas, na faixa dos R$ 35. Refrigerante R$ 5.

Dá pra ver o cozinheiro fazendo o yakissoba na hora e isso é bem bacaninha, acredito que seja o diferencial do estabelecimento, não chega a ser um show, mas dá pra dar aquela analisada ao estilo "vigilância sanitaria" e ver o estado na cozinha.

No mais, achei bacaninha. Recomendo.
Dei uma estrela a mais pelo show do chef fazendo macarrão e pelo que meus amigos do KK falaram sobre alguns pratos muito bons que eles comeram em outras vezes. Na realidade minha experiência foi bem regular.
O ambiente é simples, mas para mim isso não é problema. O atendimento foi um pouco desatencioso.
O yakisoba não estava com o macarrão no ponto que deveria estar(estava meio mole e pesado), o molho estava insosso,nada saboroso. Também percebi muito óleo, tanto na travessa, quanto no meu prato. Voltaria lá para provar outros pratos,mas o yakisoba não mais.
O Rong He da Liberdade foi o terceiro e ultimo restaurante do Yakisoba Tour e eu tive a oportunidade de conhecer a casa durante o evento.
O restaurante possui decoração bem tradicional e similar a outros restaurantes orientais de região, mas se destaca pela cozinha envidraçada que permite os clientes observarem os pratos sendo preparados.
Ocasionalmente é feito o show ao vivo de preparação de massas, enfatizando o ponto forte do restaurante: pratos que levam massa chinesa.
A massa do macarrão que vai no Yakissoba também é feita lá mesmo e é bem saborosa.
Quando o Yakissoba foi servido em nossa mesa, me assustei com a fartura e fiquei ainda mais impressionada em saber que aquela porção é a normal, que pedimos pelo cardápio.
O gigantesco prato de Yakissoba misto serve 3 pessoas tranquilamente e custa a bagatela de 30 reais.
O custo benefício é altíssimo, já que alem de bom preço, ele também é delicioso.
Não sou fã de Yakissoba, mas esse eu voltarei para comer com a minha familia.
O frango e a carne estavam bem macios, o molho bem encorpado e temperado. Os legumes ajudaram a equilibrar o sal dos temperos, e o pimentão vermelho deu uma cor a mais no prato.
Voltarei ao restaurante para provar o Yakissoba de frutos do mar e o pastel de camarão com cebolinha, que também são bem generosos.
Eu já tinha ido ao Rong He da rua Tutóia. Muito bom! O III Yakissoba Tour me deu a oportunidade de conhecer a unidade da rua da Glória que, de maneira alguma, deixa a desejar. Essa unidade fica no coração da Liberdade, então concorre com outros tantos restaurantes da região e acho que a localização dele é um pouco ingrata. As outras opções ficam bem próximas ao metrô, enquanto para chegar no Rong He é preciso descer uma rua.

Mesmo sendo um pouquinho distante da estação, vale ir lá. O yakissoba é delicioso, barato e serve facilmente três pessoas. Além disso tem uma Apresentação de Arte de Macarrão. Durante essa apresentação o chef - não sei se fala chef também para culinária chinesa - faz movimentos legais com a massa.

O atendimento é ótimo e o restaurante é muito família. Nas mesas ao redor da nossa só tinham famílias. No final, cada pessoa acaba pagando uns 20 reais com bebida, se pede o yakissoba. O cardápio é bem variado! Tem várias opções culinária oriental. Voltarei lá com certeza!
Há tempos o Rong He estava na minha lista de lugares para conhecer e foi no feriado de 1. de maio que fui até lá! E por acaso! rs Tentamos entrar em 2 shoppings para ir ao Outback, mas foi humanamente impossível, realmente shopping é a praia do paulistano. Aí veio a ideia: vamos até a Liberdade e lá a gente acha algum lugar para comer! E foi isso o que fizemos. Passamos na frente do Rong He e a espera não parecia tão grande, afinal passava das 14h30. Estacionamos o carro no estacionamento que fica um pouco a frente do restaurante, pagamos R$ 14,00.
Peguei a senha com a recepcionista que me falou que o tempo de espera era de 1 hora. Beleza! Resolvemos passear pela Liberdade para passar o tempo, como estávamos com muita fome, fizemos um pit stop na Bakery Itiriki, pegamos um salgado e um suco e nos encostamos em um muro do metrô Liberdade e comemos. Resolvemos voltar para o Hong He, nisso já tinha passado 45 minutos, e foi botar o pé na porta do restaurante e chamaram a nossa senha!! :) Que sorte!
Todos os garçons são brasileiros, reparei que apenas o chef de cozinha e a recepcionista/caixa eram chineses. O garçom que nos atendeu era meio avoado, era um adolescente novo na casa. rs Até os outros garçons tiravam sarro dele.
Bom, pedimos uma Original para começar e escolhemos os seguintes pratos: Wan Tun frito de camarão e o macarrão apimentado com frutos do mar. Os pratos demoram uns 15 minutos para chegar à mesa. Enquanto esperava, fui até a vitrine da cozinha olhar a "magia do Chef" ao transformar uma massa em macarrão. Mas calma aí! Não é tão simples assim! Só com o movimento das mãos é que ele transforma a massa em vários fios de macarrão! Impressionante! No final quando algumas pessoas que estavam assistindo bateram palmas para ele, ele retribuiu com um sorrisinho tímido! :)
Olha, eu sabia que as porções eram grandes, mas não esperava tão grandes! rsrs Sério... a porção de Wan Tun veio com uns 35 bolinhos! Estávamos só meu marido e eu. A porção serve tranquilamente 4 pessoas. Em seguida chegou o macarrão apimentado: uma tigela! rs
Então... mãos à obra! rs O Wan Tun é uma delícia! Um bolinho frito com camarão dentro, camarões pequenos, mas inteiros. Muito bem temperado e massa sequinha! O macarrão vem com uma concha para que você pegue o caldo, um pegador para o macarrão e para os demais ingredientes e uma tesoura. Pra que tesoura? Para cortar o macarrão, que é loooongo! rs Muito saboroso, picante sem soltar chamas pela boca. E os frutos do mar estavam muito gostosos, frescos!
Bom, conseguimos comer metade dos pratos, então pedimos para embrulhar para levarmos para casa. Pedimos também um café e a conta.
Ahh para tudo!! A conta foi uma piada!! Só R$ 76,00 por aquilo tudo de comida!! Nosso almoço e janta!
O restaurante está de parabéns! Boa comida e bom preço! Com certeza indico e voltarei mais vezes!
Ahh fiquei sabendo na porta do restaurante que eles fazem delivery aqui no bairro do Ipiranga!! Adorei, peguei um panfleto!
Ahh 2: quando fomos comer à noite, os bolinhos ainda estavam gostosos, não ficaram encharcados de óleo, já o macarrão ficou um pouco mole e chupou o molho. Talvez não seja bom pedir o macarrão no delivery, pois não virá com a mesma consistência do que é servido no restaurante ;)
3ª edição do yakisoba tour, no Rong He, com direito a apresentação ao vivo da produção de macarrão fresquíssimo!
Entre os complementos, os legumes salteados na medida tinham aquela crocância desejada, já as carnes macias estavam com um toque de tempero a mais. Para completar, o molho é saboroso, mas podia ter menos (muito menos) óleo. O cardápio da casa agrada não só pelo preço (R$ 30, um prato de yakisoba para 3) como também pela variedade. Vale muito mais visitas! Quem sabe numa delas vc tb não se depare com o show do macarrão? ;)
O restaurante tem uma fachada tão simples e discreta que você passa por ele sem dar qualquer valor! O que é super injusto.

Chegamos por volta das 13h, e esperamos bastante até conseguir uma mesa (para apenas duas pessoas, marido e eu). A fila de espera era enorme! Assim, de antemão, saiba que tudo que dizem é verdade: aos finais de semana chegue cedo, antes das 12h, ou a demora será muito longa!

De qualquer maneira, o tempo de espera serve para uma coisa: apreciar as fotos e ler todas as matérias (jornais e revistas) referentes ao restaurante, além de observar as premiações recebidas pela equipe. Também consegui assistir um pouquinho da apresentação da "arte de fazer macarrão". Uma pena! Queria ter visto mais, só que nos chamaram para ocupar a mesa (e era prioridade, especialmente depois de tanta demora).

Atendimento excelente. Sempre que virava o rosto, tinha lá um garçom para nos atender!

Pedimos de entrada: gyoza a vapor de carne e camarão.

Perfeitas. Massa fina, leve, macia e saborosa.

Para a refeição: yakisoba de frutos do mar.

Gente, simplesmente perfeito. Acho que foi o melhor yakisoba que já comi. A massa é deliciosa (o macarrão também é frito).

Principal característica da comida: a gente percebe que os ingredientes são frescos, novos. Tudo tem aquele gostinho de comida caseira, mas com um toque especial, de profissionalização.

Para beber, pedimos uma cerveja nacional, que estava geladíssima. O objetivo era beber uma cerveja chinesa, mas tava em falta.

Observação importante: o restaurante só aceita dinheiro (ou cartão de débito). Não tivemos problemas porque já sabíamos, mas o senhor da mesa ao lado ficou irritado por não ter sido avisado quando entrou no estabelecimento (Realmente, eles não informam oralmente, mas há aviso logo na entrada)!
Esse é um dos tesouros no bairro da Liberdade e merece ser visitado! :)
Se você está disposto a chegar cedo(antes das 12:00) para não pegar fila, ou disposição para enfrentar filas de até uma hora para entrar, fica a dica: é um restaurante japonês, que serve pratos muito bem servidos(servem de duas a três pessoas tranquilamente) com preços atraentes; por exemplo, pedi um prato de massa com mix de peixes(camarão/lula/etc) que veio muito bem servido e custou cerca de R$ 28,00! Onde comer por esse preço com três pessoas?

O local é pequeno, porém tem uma particularidade bem interessante: tem uma espécie de "vitrine" o qual o chefe da casa faz, de hora em hora, as massas e, no final, literalmente, também "malabarismos " com elas. é muito legal ver a experiência e "destreza" do chef!

Recomendado.
Melhor yakisoba que eu e minha família, de casa e do interior, comemos.
Não é a toa que toda vez que a galera de Marilia vem temos que levá-los pra comer no Rong He.
Devido a paixão do meu filho por yakisoba não experimentamos outros. A não ser os rolinhos primavera e o guiosa. Que também são excelentes.
E o preço, perfeito pra família, por isso nem reclamamos da falta de aceitarem ticket ou cartão de crédito .
Nem sei porque ainda não fiz minha resenha deste estabelecimento cujo yakissoba ao estilo chines é mais gostoso de São Paulo, o guioza frito é ótimo, assim como o Pastel recheado c/ cebolinha silvestre e camarão e o Macarrão apimentado com frutos do mar (camarão, lula seca, marisco, carne suína desfiada) um ensopado muito gostoso, levemente apimentado.
Massa esticada em caracóis prensada ac/ de mel e açucar é gostoso, e a massa também é preparada pelo chefe, só que bem fininha, tipo macarrão cabelo de anjo.
Os pratos com macarrão que o cozinheiro produz, são fáceis de identificar, sempre acompanha uma tesoura para corta-lo para não engasgar enquanto consome o mesmo, acho a massa um tanto pesada, talvez a farinha utilizada, não sei.
Depois que o restaurante chines (não lembro do nome) que ficava na avenida Iraí, próximo ao shopping ibirapuera que tinha o melhor guioza fechou, ficamos órfãos até a abertura do Rong He, que dispõe de vários preparos e recheios, enfim, uma delícia.
Minha filha adora fungos um cogumelo que vem acompanhado de ervilhas e finas tiras de cenoura, que fica gostoso consumido com arroz branco.
Somente esta unidade disponibiliza delivery, a unidade que fica mais próximo da minha residência no Paraíso serve apenas para viagem.
Minha mulher prefere o sabor da matriz que mesmo sendo mais distante prefere esta unidade, e também é muito ruim de estacionar na rua Tutóia.
A socialização ocorre quase de imediato, porque a maioria das mesas são compartilhadas e os garçons sabem descrever o conteúdo dos pratos digamos, polêmicos, o chá de jasmim é cortesia.
Ola pessoas, estou aqui pra falar sobre o meu restaurante preferido!!! O yakisoba dele eh uma delicia, vale super a pena comer....e o preco:: barato! O prato eh grande, eu consigo dividir com mais 3 mulheres, mas se eu for com meu namorado que come bem seria so pra mim e pra ele, na minha opinião eu acho o yakisoba tradicional mais gostoso do que o de frutos do mar, esse prato custa 31 reais.

Bom vale a pena experimentar a porcao de wan tun de camarao que eh uma delicia, super crococante, mais ou menos em torno de uns 28 reais.

Outro prato que eu gosto bastante eh o guiosa misto meio carne suína meio camarão ao vapor, esse prato vem 10 unidades e o parto custa 30,00. Eh o melhor guiasa que eu ja comi da minha vida...eu adoro simplesmente!!
Eu gostei bastante também do guiasa frito, ele eh muito bom também...

A sopa de algas tambem eh muito saborosa, pra quem curte uma sopinha vale a pena experimentar.

Bom pra quem adora comer um docinho depois da janta vale a pena pedir a sobremesa deles que a de macarrão que se coloca açúcar com canela e mel em cima, em uma delicia..eu esqueci o nome...mais eh so vc falar desse doce que ja vai saber qual eh...

Custo benefico, vale super a pena.....Ah melhor avisando eles não passam cartão de credito, SOMENTE VISA DEBITO ou DINHEIRO

em relação ao preco depende muito, quantos pratos vc vai pedir ou quantas pessoas vão.
Pense em um cardápio amplo.
Acredito que nunca vi tantas opções num só cardápio. Lógico que tudo gira em torno das massas, sejam elas industrializadas ou não (a massa feita no show são as dos ensopados).
As opções vão desde yakissoba (que a mesa vizinha elogiou muito) a massa com tendões bovinos.
As únicas coisas que fogem disso são as entradas. E vale a pena provar o pastel de nira com camarão, mas não subestime, tudo - lê-se: até as entradas - são grandes demais!!
É um lugar pra ir de galera.
Por exemplo, pedimos os pastéis, um para cada, e dividimos um ensopado picante c frutos do mar em três pessoas e foi suficiente para almoço e janta.

O atendimento não merece destaque, mas as expectativas não eram diferentes, o caixa era o único realmente simpático.

E eles fazem entrega. Não sei o limite, mas perguntamos de vila mariana e vila Madalena e eles atendiam os dois bairros.
Restaurante bem cotado, resolvi dar uma conferida e fiquei muito feliz com o que pude conferir.
Bem arrumado, ao passar pela rua é necessário prestar atenção para não passar despercebido, a fachada é discreta e pequena, mas o restaurante é ótimo, atendimento com garçons que falam português e entendem do cardápio.
Falando em cardápio ele possui algumas varias fotos que ajudam a ilustrar os pratos e ajudar na decisão, mas também não vergonha nenhuma perguntar ao garçom, discretamente o que a mesa ao lado esta degustando, já que era tão bonito o prato(hehehe experiência própria).
Sugestoes e opções nao faltam, mas fomos em uma dupla com os carros chefes da casa o fica a dica, Macarrão apimentado com frutos do mar e o Wan Tun frito, bem sequinho e bem recheado.
E o show da massa? pedindo o Macarrão Apimentado com Frutos do mar o chef faz a apresentação do macarrão, é um show muita habilidade, ver o macarrão se formar na sua frente, ao vivo com muita habilidade do chef, sempre com um ar muito serio, puxa, gira, estica, amassa, passa farinha, estica, gira, puxa, estica e eis que você vê o resultado indo para a panela de agua fervente, ele esbanja habilidade no manuseio da massa e supervisiona todas as preparações da casa, para quem quiser pedir pelo numero é o 83.
Alguns pratos acompanham uma tesoura, o que pode a principio causar estranheza porem há uma explicação muito lógica quando se vê o show de macarrão, é que o macarrão feito com esta técnica resulta em fios bem longos, então o uso da tesoura é recomendado.
Todas as massas são feitas na hora, como havíamos pedido Wan Tun frito, vimos eles fazendo nossa porção ali, na hora, abrindo a massa, recheando, dobrando tudo com muita habilidade, depois instantes na frigideira e eis que sai uma porção muitíssimo generosa de sequinhos pasteizinhos chineses de camarão, o Wan Tun, também vi saírem guioza, pasteis chineses etc.
As porções sao muito, mas muito generosas, em um casal, pedimos um macarrao Apimentado e um Wan Tun frito, comemos muito bem e trouxemos o restante para viagem, e estimo serviria pelo menos mais uma pessoa fartamente.
Viagem, sim eles fazem todos os pratos para viagem, e possuem serviço de entregas.
O Preço é um otimo custo beneficio, nossa refeição com mais duas bebidas( um suco natural e um refrigerante) sairam na Faixa dos R$ 80,00, mas lembrando que serviria facilmente mais uma pessoa que coma bem.

Uma ultima dica é pedir a mesa 18, por que disso voce me perguntaria, é que ela fica de frente para o Show de massa!!!

video do show de massa
http://www.youtube.com/watch?v=JVhQTt27kuo&feature=youtu.be
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 91
Nota geral Você conhece o Rong He - Liberdade? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe o app grátis Veja mais