Universidade de São Paulo (USP)

nota 4.3 de 5 em 73 opiniões
Universidade de São Paulo (USP)
Mais na região Como chegar

Endereço: Av da Universidade, 351, Butantã - São Paulo , SP - Brasil - 05508-040

Telefone: 11 3091-3501

Universidade localizada na Cidade Universitária, no bairro do Butantã. Conta com três entradas - sendo uma na Avenida Politécnica, outra na Corifeu de Azevedo Marques e a principal na Afrânio Peixoto. Entre em contato pelo telefone 11 3815-0427.

Oferta

Quer receber ofertas do(a) Universidade de São Paulo (USP)?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores.

Baixe grátis nosso aplicativo e confira as ofertas:

Baixar Grátis

Estabelecimentos neste local

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
Dicas rápidas Ver todas as dicas
Opiniões dos consumidores

via iPhone

Falar de uma universidade como a USP não é nada prático se considerarmos que ela abriga centenas cursos, entre graduações, pós, mestrados e doutorados, oferecendo serviços diferentes, com qualidades diferentes e atendimentos também diferentes. Assim, começo dizendo que minha opinião aqui se limita a falar sobre o ambiente do campus Butantã. E, sendo bem sincero? Ele não impressiona muito, não!
Acho que todo estudante do ensino médio, ou pelo menos a maioria, idealiza a USP do seu próprio jeito, afinal, só se ouve os professores falando de Fuvest pra cá, listas de chamada pra lá, e isso pode causar uma imagem bem diferente do que a universidade é hoje: um denso matagal a céu aberto, muito mal iluminado em diversos pontos (sério, não queira pegar o ônibus tarde da noite ao lado do velódromo) e cujos prédios precisam de uma reforma urgente. Os banheiros, às vezes, não têm sabão ou sequer papel; nem todas as matérias mais práticas de todos os cursos possuem a estrutura tecnológica necessária e, ainda por cima, o lugar vive cheio de ratos e baratas.
O pior problema, entretanto, é um pouco mais complexo: ao invés de cobrar melhorias e um maior repasse do Governo do Estado, uma grande parte da população prefere culpar os alunos pelos problemas da USP. Mas é obrigação do aluno cortar a grama? Ou dedetizar o campus? Ou comprar os produtos básicos de higiene para que todos os banheiros estejam sempre alimentados? Eles quem devem fazer a limpeza do local, ou tapar os buracos nos prédios, ou garantir que suas estruturas estejam ótimas? A resposta à tudo isso é "não". A responsabilidade deles é, no máximo, prezar pelo espaço e garantir que se cumpram as melhoras.
O que eu posso falar da minha segunda casa academia??

Algumas horas de estudos e dias de festas...assim foi um semestre inteiro...na farra quase que diária...mais deu para passar de semestre...passei com um conceito meio que duvidoso..mais que valeu apena aquele semestre.

Pensa nesses filmes americanos...quase a mesma coisa...muito estudo com muita farra.

Com relação a USP...ganha em muito na UFMG...não por ser a maior e etc...pq a UFMG ficou parada muito tempo na idade das trevas...so agora que acordou,,,quem sabe daqui a 100 anos supere a USP.

O ensino que tive la..foi quase um livro teórico por mês...professor la, não faz chamada nem liga se você entra ou sai da aula...ele faz a sua parte e pronto...não estuda não para ver...

Foi um aprendizado único...tanto acadêmico como para vida pessoal.

Tenho um carinho enorme pela USP por diversos motivos.
Entrei lá em 2009 e me encantei com o lugar. Realmente é uma Cidade.
Há sempre problemas de infraestrutura e de segurança, mas o clima é demais. Conversar com as pessoas, criar, ter um crescimento pessoal e intelectual, dentro e fora da aula são aspectos muito importantes para mim, fora as festas é claro que são sensacionais. rs
Porém, ela foi tomar uma outra forma, um carinho maior no ano passado, acho que com os anos, você aprende a identificar realmente a beleza do lugar.
Para quem é fã de caminhadas, corridas, andar de bike e etc, esse lugar é ideal. Para quem quer estudar.... bom, não preciso nem comentar haha
Os alunos contam com 03 restaurantes, os famosos bandejões. Há tempos que não vou, mas não posso criticar.
Vale a pena conhecer a Torre do Relógio, O Paço das Artes, O Museu de Arte Moderna (MAM) para um primeiro tour. E Claro, se tiver tempo, passe em uma quinta-feita à noite, na ECA, para tomar uma breja, enquanto o famoso happy hour ainda luta para sobreviver.

Desde a época da escola, entrar em uma universidade pública era o meu objetivo, mas entrar na USP era um sonho. Sempre que eu visitava São Paulo e passava pelo portão 1, ficava imaginando se um dia eu conseguiria tamanha proeza, e esse dia chegou, em 2010.

A Universidade de São Paulo é referência em ensino e estrutura no Brasil e na América Latina; a maioria dos seus alunos são de São Paulo (a capital e o estado), mas também é grande o número de alunos de outras regiões e até de outros países (inter-cambistas latinos são muitos aqui!). Como toda instituição pública, há sérios problemas de espaço físico, gestão e ensino, mas pude conhecer outras universidades do país e tenho plena certeza que a USP está anos-luz à frente.

O espaço, denominado Cidade Universitária, antigamente era uma grande fazenda no bairro do Butantã, que foi desapropriada para a instalação da universidade que já existia, mas estava espalhada em prédios individuais pela cidade. Alguns exemplos são a Escola Politécnica, a Faculdade de Odontologia, a Faculdade de Ciências e Letras e o Instituto de Geociências...Hoje, somente a Faculdade de Direito e a Faculdade de medicina e Saúde Pública continuam nos seus respectivos prédios originais, fora da Cidade Universitária. Em São Paulo, ainda há a EACH (Escola de Artes, Ciências e Humanidade), localizada na zona lesta; no interior há os diversos campus (alguns maiores outros menores): Ribeirão Preto, Piracicaba, Pirassununga, Lorena, São Carlos e Bauru.

No Butantã, campus principal por abrigar a maioria dos cursos e a reitoria, ficam as melhores estruturas: CEPEUSP, as melhores bibliotecas, circulares que são integrados ao metrô, Hospital Universitário, Hospital Veterinário, quatro bandejões, CRUSP, IEB, museus, festas, eventos, centros acadêmicos, atléticas, etc. É (e foi) aqui que os melhores professores e pesquisadores do país se formaram e desenvolveram suas pesquisas e projetos. Alguns exemplos: Aziz Ab'Saber, Milton Santos, Fernando Henrique Cardoso, Delfim Neto, Fernando Haddad, entre outros.

O diferencial é o incentivo à pesquisa; em todos os cursos há inúmeros projetos e professores empenhados em produzir conhecimento e, apesar das burocracias que a própria universidade impõe, só não pesquisa quem não quer!

Sinto muito orgulho em fazer parte desta estrutura e fico muito feliz por conseguir realizar o meu sonho (às custas de muito esforço, claro). O ideal seria que todos os brasileiros pudessem desfrutar também da universidade, pois sendo pública, pertence a todos. Ou, pelo menos, que toda universidade pública do Brasil fosse tão boa quanto a USP.
"Praça do Relógio"

via mobile

Estudar lá é uma dádiva, é oferecida toda uma infraestrutura para os alunos. Para os alunos de escola e curiosos os museus são mto legais. Pra quem quer andar de bicicleta, tem bastante trânsito mas ainda é melhor que no resto das avenidas por São Paulo. Na rua do portão principal (Alvarenga, acho) a turma da Run Base Adidas se reúne pra treinar corrida junta sob q orientação de educadores físicos - geralmente têm estrutura para oferecer tb como guardar as coisas e tênis pra corrida higienizados.

via mobile

Minha vida toda morei no interior de São Paulo. Quando me mudei para a capital para fazer faculdade tudo era novo para mim. As buzinas dos carros, os imensos prédios e uma quantidade de informação que meus olhos jamais seria capazes de processar. Dentro desse liquidificador pulsante, lá estava a cidade universitaria, um local agravel que me fazia lembrar da minha infancia, colhendo amoras no pé e apreciando o por-do-sol. A Cidade Universitaria é meu local de estudo, trabalho e lazer, me sinto sortuda e feliz em saber que isso ainda e possivel nos dias de hoje. Recomendo para quem gosta de passeios em locais arborizados e até para quem gosta de esportes radicais.

via mobile

Melhor lugar do mundo, ir estudar de segunda a sexta nesse lugar me faz acreditar que sou abençoada, nossa cidade universitária é um mundo a parte, é um sonho, tem árvores, um clube, bibliotecas espléndidas, pessoas de mente aberta e sem preconceitos, um ensino de tirar o folego e pra completar, as melhores festas da cidade e muitas vezes de graça, basta chegar com os amigos e ser feliz, dançar até o dia raiar e beber bastante com pouco dinheiro.
A USP não é uma universidade é um estilo de vida!
Exibindo de 1 a 7
Total de opiniões: 73
Você conhece o Universidade de São Paulo (USP)? Escreva uma opinião! Dê sua nota! Nota geral
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: