Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB
Mais na região Como chegar

Endereço Rua Álvares Penteado, 112, - São Paulo , SP - Brasil - 01012-000

Telefone 11 3113-... Clique para ver

De acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2013), o CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) é o terceiro centro cultural mais visitado no Brasil e o 65º no mundo. Inaugurado há 14 anos, o CCBB faz exposições; possui programas educativos; atividades culturais e muito mais, tudo por um custo benefício muito acessível. Investimento que vale a pena.

Dicas Ver todas as dicas
Já foi nesse lugar? Compartilhe sua experiência! Escrever opinião
Opiniões
Os CCBBs são sempre uma excelente opção para vermos exposições e mostras de alguns acervos ou artistas fantásticos, e sempre com entrada franca, este de São Paulo não é diferente, para quem não sabe, são 4 unidades, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e este de São Paulo, são 25 anos de CCBBs, este de SP foi inaugurado em 2001. Outro dia tive de esperar um amigo efetuar consultas em outro prédio histórico de São Paulo, o edifício Martinelli, na Prefeitura, e aproveitei que a coisa ia demorar, para ver Hans Hartung: Oficina do Gestos, que ocupa todos andares até o mezzanino. Uma bela organização com funcionários que realmente sabem orientar o visitante, e são até complacentes com os visitantes que mesmo havendo avisos de proibido fotografar, fingem que não existe a proibição.
O Centro Cultural Banco do Brasil no centro paulistano, foi outrora a primeira sede bancária do Banco do Brasil no Estado de São Paulo, com prédio próprio eregido ainda nos tempos do Império sob a regência de D. Pedro II, tendo sido fundado por Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá.

A história do banco se confunde um pouco com a história de alguns brasileiros. O conhecido Barão de Mauá, nascido no Estado do Rio Grande do Sul em uma família muito humilde, foi morar na cidade do Rio de Janeiro mandado por sua mãe que, viúva, precisando casar-se novamente, via nele um "estorvo" para a realização deste novo matrimônio, mandando-o então para viver com seu tio, ajudando-o em um armazém de "secos e molhados". Após aprender bem matemática, mostrar-se um bom administrador e cobrador, foi convidado a trabalhar no Loyd Bank após mostrar habilidade em negociar a dívida de seu tio com o banco.

Muitos anos após, convencido que o Brasil tinha de ter o seu próprio banco e diminuir a dependência do capital inglês, fundou o Banco do Brasil, que posteriormente foi assumido pelo império.

Atualmente, no prédio da antiga sede da Agência 001 do Banco do Brasil, abriga o CCBB, que até o dia 06 de janeiro de 2014 abriga a exposição idealizada pelo Instituto Wladimir Herzog para contar, através da linha do tempo de 1960 a 1985 a história da resistência à ditadura militar no Brasil.

É preciso conhecer o passado para não permitir que os erros se repitam e prejudiquem nosso futuro. Conhecer a história é uma forma de resistência. O conhecimento combate a ignorância, combate o preconceito e edifica o futuro.

O ambiente é riquíssimo, digno de receber grandes obras de arte, como por exemplo, a exposição realizada no ano passado com os pintores impressionistas, como Van Gogh.
Sem muito a comentar. O CCBB é um espaço cultural incrível! Desde a arquitetura até a programação com mostras e filmes fora do circuito comercial são de brilhar os olhos.

O atendimento é cortês desde o segurança do térreo até o café do terceiro andar.
Em estilo clássico, de muito bom gosto, diga-se de passagem, o prédio conta com galeria de arte, cinema, teatro, loja de conveniências e livraria. A propósito, recomendo visitar o Café do térreo, tem até umas mesinhas do lado de fora do prédio que remetem à Europa.

Além das exposições, é possível conferir a maquete do edifício, rica em detalhes.
O CCBB virou meu Top Lugares Favoritos de Sampa! =) É um prédio histórico lindo, com museu, galeria de arte, um café super charmoso, uma lojinha de conveniências, livraria, cinema. Enfim, um espaço cultural completo e que todo paulistano tem que conhecer.

Eu fui na mostra de Mestres Renascentistas e realmente fiquei abismada com a organização do staff. Esta mostra gerou filas e filas (foram 2-3h para entrar), mas não por falta de estrutura do lugar e da exposição e sim pela procura maior que esperada (tanto que a mostra foi prorrogada , com direito a ficar aberta 24h, duranto todo o último final de semana, se não me engano). Além disso, as pessoas que trabalham lá realmente entendem do assunto: se você tem qualquer dúvida, explicam os detalhes com simpatia!

Mas qualquer mostra que você visite no CCBB não fica restrita somente à exposição. Lá você fica boquiaberta com a arquitetura do prédio, com as pinturas, afrescos, enfim, tudo!

Uma dica: depois de ficar algumas horas visitando o Centro Cultural, exposições, etc, não deixe de experimentar os lanches e cafés da cafeteria localizada hall de entrada,e dar um visu na lojinha e livraria. Se conseguir, pegue uma das sessões de cinema que oferecem gratuitamente - com filmes fora do circuito comercial.
O CCBB funciona seis dias por semana, de quarta à segunda-feira.

Fui conhecer quando fui a uma exposição de Pop Arte, Visões na Coleção de Ludwig. As obras ocupam todos os andares, com exceção do térreo. A entrada nas exposições é gratuita.

Para quem não gosta de exposições ainda pode ir conhecer pelo teatro, cinema, café ou simplesmente pelo prédio.

Pessoal muito bem treinado, incluindo a guia da exposição (Amanda) que dá um tour por todos os andares explicando as principais obras e contexto.

Fica entre as estações de metrô Sé e São Bento.
A visita ao CCBB começa quando se sai do metrô (São Bento é o mais próximo) e caminha pelo calçadão de pedras portuguesas até ele.
Em sua entrada, outra obra de arte: esse prédio, por dentro e por fora é um tesouro arquitetônico. Vale a pena só tomar um café por lá ou sentar e ficar lendo.
Mas ele oferece muito mais! Exposições com ótima curadoria e temas estão sempre rolando. Tudo isso de graça ou por preços mais do que populares (menos do que a passagem de metrô!)

Dependendo da exposição lá fica bem lotado, então não deixe para ir de última hora! (A expo Mestres do Renascimento lotada todo dia).
Sempre ouvi falar deste lugar, porém, acabava sempre em uma desculpa para deixar para a próxima vez. No ínicio de agosto resolvi comprar ingressos para a peça "Quanto custa?", para o dia 30.08, e fiquei me perguntando porque demorei tanto. Achei o lugar lindo, com atendentes ótimos, pois são educados, atenciosos...
O local, como o próprio nome já diz, possui uma programação cultural que vale a pena, sem contar que muita coisa é de graça ou com preço simbólico (R$ 6,00 a inteira). Vacilei de não perguntar sobre correntista do BB, pois tinha desconto, mas não me preocupei muito porque 6 reais não é uma fortuna, né? Na próxima eu fico mais ligada :-)
E tem pra todos os gostos: cinema, exposição, teatro, etc. Vale acompanhar a programação pelo site, ou pegar um encarte na recepção.
Fica localizado bem no centro velho de São Paulo, próximo à Sé. Embora ali não passe carro, o local tem convênio com um estacionamento que fica na R. Consolação, nº 228. Você carimba o papel do estacionamento na recepção e fica em R$ 15,00 o período de 5 horas, sendo que o local disponibiliza van que leva e busca durante o período em que o teatro estiver aberto. Após às 19 horas há a opção de pegar a van e descer na estação República, caso opte pelo transporte público.
No térreo há um café charmosinho e com salgados DELICIOSOS! Comi um salgado assado de queijo e cebola e adorei! Vale ressaltar que o café não segue a linha baixo custo do CCBB, ficando na média dos locais da região.
Resumindo: Conheça!
O Centro Cultural Banco do Brasil funciona no prédio que abrigou a primeira agência do

Banco do Brasil em São Paulo.

Localizado no charmoso Centro Velho de São Paulo destaca-se pela arquitetura cheia de

detalhes e tem uma programação bastante variada para todas as idades.

Vale a pena uma visita! Tem um café bem gostoso e uma lojinha de presentes com coisas

bem interessantes!

Um bom programa para quando você estiver pelo centro!
Centro cultural, exposições, cinema, teatro, cafeteria, restaurante....Muitas atividades juntas com teatro e cinema a preços extremamente populares, exposições de artistas contemporâneos ou grandes mostras com pintores clássicos.
Grandes mostras com filas imensas, iguais aos museus da Europa e de graça, acesso pelo metro, ônibus, convênio com estacionamento e vans para levar ao CCBB.
Peças alternativas ou "blockbusters" com ingressos esgotados e filas. O que é bom nas alternativas é abrir espaço para teatro de vanguarda que não tem muitos espaços na capital, neste momento temos o musical Cássia Eller, lotado, uma ótima experiência teatral.
A cafeteria é charmosa, as vezes o atendimento é caótico mas tem melhorado, talvez o melhor café coado de SP.
As mostras de cinema são ótimas para os amantes da sétima arte.
Enfim, BBB, ruim a comparação mas é realmente Bom, Barato e Bastante.
Aproveitem!
Gosto muito do Centro Cultural Banco do Brasil. O lugar tem um cantinho especial no meu coração por ter sido o primeiro ponto que visitei em São Paulo capital assim que coloquei os pés na cidade. Fui lá para uma festa. O público era bem "alternativo" e a música não era algo que eu curtia na época, mas me bateu o interesse para ouvir o estilo dela depois. A arquitetura do ambiente me interessou também.

Depois disso, ao descobrir como São Paulo funciona, soube que o local recebia várias exposições. Comecei a frequentar. As exposições são muito boas. Algumas são pagas, mas o preço não é tão relevante. Além das exposições o local recebe mostras de cinema. Dependendo do dia as exposições e as mostras são bemmm disputadasss, assim como acontece na Caixa Cultural. Assim como na Caixa, o local é de fácil de acesso, mas a estação mais próxima não é tão próxima quanto a Sé é da Caixa.

O Centro Cultural é super indicado até mesmo para quem está "turistando" em SP. Vale se informar sobre o que está rolando e dar uma passada nele.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 116
Nota geral Você conhece o Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)

Baixe o app grátis Veja mais